Americano come 74 cachorros-quentes em dez minutos e quebra recorde mundial

Redação - O Estado de S.Paulo

Joey Chestnut bateu a própria marca pelo segundo ano consecutivo e ganhou seu 11º título na competição

O norte-americano Joey Chestnut quebrou seu próprio recorde e devorou 74 cachorros-quentes em dez minutos durante competição realizada nos EUA

O norte-americano Joey Chestnut quebrou seu próprio recorde e devorou 74 cachorros-quentes em dez minutos durante competição realizada nos EUA Foto: Mary Altaffer/AP Photo

O norte-americano Joey Chestnut comeu 74 cachorros-quentes em dez minutos em tradicional competição realizada no Dia da Independência dos Estados Unidos, ganhando seu 11º título na prova e quebrando seu próprio recorde mundial.

Organizada anualmente desde 1916 por uma lanchonete localizada em Coney Island, bairro litorâneo na cidade de Nova York, a competição premia quem come mais cachorros-quentes dentro da marca de dez minutos. Chestnut ganhou a prova em 11 dos últimos 12 anos e mais uma vez seus adversários não chegaram nem perto de desafiá-lo. Em 2017 ele havia engolido 72 sanduíches.

Na competição feminina, a norte-americana Miki Sudo também ganhou seu 4º título consecutivo ao devorar 37 cachorros-quentes em dez minutos. Ela ficou abaixo da sua marca pessoal, em 2017 comeu 41 cachorros-quentes, e alegou que o forte calor de 30ºC a prejudicou na competição.

Miki Sudo foi a vencedora deste ano na competição feminina de quem come mais cachorros-quentes em dez minutos

Miki Sudo foi a vencedora deste ano na competição feminina de quem come mais cachorros-quentes em dez minutos Foto: Mary Altaffer/AP Photo

Um bom público aproveitou o feriado do Dia de Independência dos EUA para acompanhar a competição realizada em Nova York

Um bom público aproveitou o feriado do Dia de Independência dos EUA para acompanhar a competição realizada em Nova York Foto: Stephen Yang/Reuters

Joey Chestnut ganhou 11 das últimas 12 competições e quebrou seu próprio recorde inúmeras vezes

Joey Chestnut ganhou 11 das últimas 12 competições e quebrou seu próprio recorde inúmeras vezes Foto: Mary Altaffer/AP Photo