Seis sinais de que a eleição à Prefeitura de SP será bizarra

- O Estado de S. Paulo

A campanha começou há três dias, mas os candidatos já se envolveram em micos e irregularidades

Campanha para à Prefeitura de São Paulo começou nesta terça: que venham os memes!

Campanha para à Prefeitura de São Paulo começou nesta terça: que venham os memes! Foto: Sérgio Castro/Estadão

Marta (PMDB), Celso Russomanno (PRB),  Fernando Haddad (PT), João Doria (PSDB)e Luiza Erundina (PSOL) são os principais candidatos à Prefeitura de São Paulo. Em três dias de campanha, os políticos já se envolveram com micos e irregularidades. Neste curto período de 72 horas, internautas também já resgataram fatos que mostram que essa eleição será bizarra. Alerta: contém humor e ironia nessa matéria!

 

1. A dancinha de Marta 

'Samba lelê tá doente, tá com a cabeça quebrada'... O primeiro compromisso de campanha da senadora e candidata à Prefeitura da capital Marta foi uma visita ao Centro Educacional Unificado (CEU) Jambeiro, em Guaianazes, na Zona Leste. Isso foi suficiente para voltar a circular nas redes sociais um vídeo de dezembro de 2015, no qual a candidata do PMDB dança clássicos infantis com alunos do CEU de Parelheiros, zona sul. Agora, fica a expectativa para a próxima dancinha de Marta. Pelo menos, já sabemos que ela é versátil. Afinal, ela pode brincar e dançar com crianças, enquanto os adultos colocam em prática o seu clássico conselho 'relaxa e goza'.

 

A criança no colo da Marta só deveria estar pensando 'o que eu tô fazendo aqui?'

A criança no colo da Marta só deveria estar pensando 'o que eu tô fazendo aqui?' Foto: Sérgio Castro/Estadão

 

2. Doria e a foto com o mafioso

João Doria, candidato do PSDB, demonstrando toda a alegria de pegar um metrô

João Doria, candidato do PSDB, demonstrando toda a alegria de pegar um metrô Foto: Hélvio Romero/Estadão

Quem nunca se aliou com mafiosos para alcançar um objetivo, não é mesmo? Brincadeira à parte. Na segunda-feira, João Doria (PSDB) recebeu o apoio do ex-vereador de São Paulo e deputado estadual cassado Hanna Garib. No entanto, ele é mais conhecido como o chefe da "máfia dos fiscais", esquema de propinas que vigorou entre 1993 e 1999. "Estamos comprometidos com São Paulo, juntos por uma cidade melhor", escreveu Garib na legenda da foto ao lado do candidato do PSDB.

 

 

Estamos comprometidos com São Paulo, juntos por uma cidade melhor. @jdoriajr

Uma foto publicada por Hanna Garib (@hannagariboficial) em

 

3. Café da manhã indigesto de João Doria

'É assim, gente, que come pão com margarina' deveria estar se perguntando o tucano João Doria em um canteiro de obra

'É assim, gente, que come pão com margarina' deveria estar se perguntando o tucano João Doria em um canteiro de obra Foto: Werther Santana/Estadão

Em seu primeiro dia de campanha, João Doria, o candidato mais rico à Prefeitura de São Paulo teve a brilhante ideia de tomar café da manhã com funcionários de um canteiro de obra. Não tem como dar errado, né? O cara, que tem um patrimônio de R$ 180 milhões, só tinha que apertar as mãos dos 'peões' e beber um cafezinho preto . Mas no meio do caminho tinha um pão murcho. A narrativa acaba aqui; assistam ao vídeo de 59 segundos. Isso é tudo.

 

 

4.Cheque sem fundo de Russomano

Celso Russomano também é dono do Bar do Alemão

Celso Russomano também é dono do Bar do Alemão Foto: Alex Silva/Estadão

Sabe o Bar do Alemão? Não, péra! Não é do boteco que você frequenta que estamos falando. A notícia é sobre um bar em Brasília que tem como um dos donos Celso Russomano, candidato do PRB à Prefeitura de São Paulo. 'O empreendimento de lazer' fechou na semana passada por dar um calote de R$ 2 milhões com quatro cheques sem fundos.

 

5. Haddad vendendo Avon, quer dizer, fazendo campanha de casa em casa

Migo, Haddad, se você comer todos os pães de queijo dos padres pode perder pelo menos esses dois votos

Migo, Haddad, se você comer todos os pães de queijo dos padres pode perder pelo menos esses dois votos Foto: Werther Santana/Estadão

Fernando Haddad, o político que queimou largada da campanha e ganhou o título de o primeiro a ser multado, está fazendo campanha em casas de família. Mas o foco do candidato do PT è reeleição são os lares da classe média, ele pretende acabar com a resistência da tradicional família brasileira à sua candidatura. O vice Gabriel Chalita tem acompanhado o petista na caminhada de casa em casa. Qual será o roteiro usado? 

 

6. 'Eu quero ver a Erundina na TV'

Luiza Erundina (PSOL) e o candidato à vice Ivan Valente percorreram ruas do centro da cidade

Luiza Erundina (PSOL) e o candidato à vice Ivan Valente percorreram ruas do centro da cidade Foto: Hélvio Romero/Estadão

Luiza Erundina tem uma parcela de eleitores fiéis que devem causar nessa campanha. O barulho começou com a reivindicação da presença da candidato do PSOL em debates na TV. A participação de Erundina nesses eventos é facultativa, pois o partido socialista não tem ao menos nove deputados federais, e pode ser vetada por concorrentes. Já no primeiro dia de campanha de João Doria os apoiadores da candidata chamaram a atenção cobrando de Doria a autorização para que ela possa participar de debates na TV. O grito de guerra dessa galera é 'eu quero ver Erundina na TV!'