Uma casa prontinha para morar

Roberta Cardoso - O Estado de S.Paulo

Vencedor do Grande Prêmio do Júri, projeto de Casas encanta por aliar inovação e sustentabilidade

Laterais da sala têm painéis de vidro que favorecem a entrada de iluminação e permite integração da sala com o jardim; no forro, calhas levam luz de LED para todos os ambientes

Laterais da sala têm painéis de vidro que favorecem a entrada de iluminação e permite integração da sala com o jardim; no forro, calhas levam luz de LED para todos os ambientes Foto: Zeca Wittner/Estadão

O retorno de Arthur Casas à Casacor foi em alto estilo. Vencedor na categoria Casa dos Sonhos, o arquiteto levou também o troféu Grande Prêmio do Júri pela Syshaus, uma casa cuja construção faz uso inteligente dos recursos e materiais. Desenvolvido ao longo dos últimos três anos, em parceria com uma startup, o projeto contempla necessidades contemporâneas como otimização de custos e tempo com uma saudável sensação de se sentir em casa. Tudo isso, claro, muito alinhado com a decoração de seus interiores. “Por dentro, apenas duas peças não foram desenvolvidas pelo meu escritório. Todo o restante foi criado com exclusividade para a Syshaus: dos talheres à banheira”, diz. 

A integração entre áreas externa e interna, uma das marcas registradas do arquiteto, se fez presente nos 200 m² da construção. A começar pela continuidade visual com o jardim, do qual a construção se separa apenas por painéis de vidros que podem ser abertos, o que garante ventilação cruzada e abundante aos interiores. “Em todos os ambientes, tudo é fácil de montar, ajustável e em condições de encaixe”, explica. Bom exemplo dessa otimização está na cozinha modular que Casas criou em parceria com a metalúrgica Mekal. Feita de aço inoxidável, permite que o morador mude a disposição dos nichos com facilidade. “Se cansar, pode arrastar e mudar tudo. São peças independentes”, conta.

Com paredes de MDF e forro de painéis desenvolvidos pela 3M, a estrutura da casa permitiu iluminação inteligente. Na junção das placas, calhas com luz de LED iluminam os ambientes e ainda criam um efeito gráfico no teto. “Na suíte, embutimos um sistema de ar-condicionado que não aparece, dentro das calhas da iluminação”, explica. 

Toda a concepção do projeto, seja a estrutura da construção ou os interiores, persegue um estilo de vida sustentável, acessível e inteligente. Apinhado, aliás, de produtos assinados por Casas para diversas marcas. “No banheiro, desenhei as louças e torneiras, produzidas pela Deca. No quarto, a cama é um lançamento em parceria com a Tora Brasil. A cozinha, uma parceria com a Mekal, e assim por diante. Eu diria que é a Syshaus é um lançamento completo”, diz. Não surpreende, portanto, que ela pretenda ser comercializada na internet, como um produto. “É uma casa dos sonhos, mas pode ser comprada”, pontuou o arquiteto, ao receber seus dois prêmios Casa.