Um quarto de hóspedes que bem serve como escritório

Marcelo Lima - O Estado de S. Paulo

A arquiteta Thais Salerno Forjaz ajudou o leitor do Casa a ter um cômodo com dupla função

O sofá-cama tendo, ao fundo, persiana para controle da luminosidade

O sofá-cama tendo, ao fundo, persiana para controle da luminosidade Foto: Estúdio Thais Forjaz

Pergunta

Caros amigos do Casa, gostaria que me ajudassem a projetar um quarto de hóspedes no meu apartamento, que pudesse ser também aproveitado como escritório quando estivesse vago. Ou seja, preciso de escrivaninha e impressora, além de gaveteiro. O piso está no contrapiso, portanto podem sugerir opções. Gosto muito de madeira. Quero um ambiente agradável e fácil de manter. Desde já agradeço.

Luciano Conceição Gama

São Paulo - SP

A área da escrivaninha com armários e gaveteiros

A área da escrivaninha com armários e gaveteiros Foto: Estúdio Thais Forjaz

Resposta

Olá, Luciano! Para atendê-lo, projetamos uma marcenaria com armários para vestuário, cama de solteiro, escrivaninha, gaveteiro e área para impressora. A sensação de acolhimento é dada pela madeira clara, carvalho americano, usada tanto no piso quanto na escrivaninha. Nas paredes, mantivemos o branco e criamos um painel para TV na mesma madeira, dando unidade ao projeto.

A planta do ambiente projetado

A planta do ambiente projetado Foto: Estúdio Thais Forjaz

Sobre essa base neutra, sugerimos um enxoval em tons de cinza, com detalhes em azul-marinho e caramelo – no couro da cadeira giratória – para descontrair o ambiente. As luminárias de teto, de parede e da escrivaninha são de alumínio preto. Como o ponto de iluminação existente é central, distribuímos quatro spots com fiação aparente para equilibrar a luz ambiente. Como apoio, uma luminária foi instalada em ponto estratégico da parede para criar um cantinho de leitura para o sofá-cama. Esperamos que goste!

A arquiteta Thais Forjaz

A arquiteta Thais Forjaz Foto: David Zoëga

Thais Salerno Forjaz, arquiteta

forjazz.com.br