Um bem-vindo refúgio

Caíque Alencar, Especial para - O Estado de S.Paulo

Cresce a preocupação de conferir uma atmosfera tranquila e repousante à área do banho

Área reservada ao banho no Loft Refúgio, de Consuelo Jorge

Área reservada ao banho no Loft Refúgio, de Consuelo Jorge Foto: Zeca Wittner/Especial para o Estado

Um espaço que oferece, como nenhum outro, a possibilidade de conexão entre o morador consigo próprio e com a natureza. É esta, em síntese, a ideia que permeia as áreas reservadas ao banho que se espalham por muitos ambientes da Casacor, incluindo quartos, salas e varandas. Via de regra, reproduz uma atmosfera mais intimista, criada por meio de uma iluminação mais densa e pontual e o predomínio de tonalidades amenas e formas puras.

“Foi uma coisa planejada para quem está cansado do cotidiano urbano. É um lugar feito para você se jogar e curtir momentos de introspecção”, diz a arquiteta Consuelo Jorge, responsável pelo Loft Refúgio

No projeto, mármore canelado, folhas de bambu e MDF ecológico surgem com o objetivo de aproximar os visitantes da natureza brasileira. Prova disso é a própria banheira de rocha que, por ser opaca e escura, se harmoniza perfeitamente com o quarto que lhe serve de cenário. “Ela é o centro das atenções em um espaço que se destaca por suas dimensões e ausência de divisórias”, explica a arquiteta. Como recurso adicional, Consuelo lançou mão de uma iluminação cenográfica que, aplicada logo acima da cuba, reforça, em conjunto com a luz natural, abundante em todo o ambiente, a sensação de acolhimento. “A atmosfera fica mais tranquila e serena e a pessoa se sente acolhida como em um ninho”, destaca ela. 

Espelho d’água e abertura para área externa amplia a conexão com a natureza, em projeto de Duda Porto

Espelho d’água e abertura para área externa amplia a conexão com a natureza, em projeto de Duda Porto Foto: Zeca Wittner