Tradicional calendário de jardinagem chega à 21ª edição

Priscila Mengue - O Estado de S.Paulo

São Paulo Garden Club está recebendo encomendas do 'Calendário do Jardim', que é ilustrado e com dicas de cultivo de plantas

Calendário mede 21,5 cm por 28 cm e tem dicas de cultivo e espaço para anotações

Calendário mede 21,5 cm por 28 cm e tem dicas de cultivo e espaço para anotações Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Além de um objeto decorativo, o Calendário do Jardim se propõe a ser um guia de trabalho. Lançado em 1995, é uma criação do São Paulo Garden Club, clube amador e sem fins lucrativos de jardinagem fundado em 1939. “Quem vê a capa, sem abri-lo, não percebe a quantidade de conteúdo que tem”, diz a sócia e ex-presidente Suzanne Seymour Burt, responsável pela pesquisa e redação da peça, que é ilustrada por Beatriz e Maria Thereza Cintra.

Com espaço para anotações, o calendário dá dicas de plantio e receitas, além de trazer informações sobre plantas que florescem em cada mês, como as dálias em janeiro, por exemplo. 

O tema específico para 2017 é a preservação do meio ambiente. “A ideia é mostrar que todo cidadão é responsável por criar e cuidar dos recursos naturais. Há plantas que podem ser cultivadas sem necessidade de grandes cuidados, como trepadeiras, arbustos e árvores simples”, diz Suzanne. “Plantas humanizam a casa, criam alma, ainda mais se forem coloridas, além de embelezar”, argumenta.

O calendário mede 21,5 cm x 28 cm e está à venda por R$ 38, com envio incluso. Para adquiri-lo, basta mandar um e-mail para calendariodojardim@gmail.com.