Toque de ousadia

Ana Lourenço - O Estado de S.Paulo

Apartamento alugado ganha cores e estampas inspiradas no estilo da atual moradora

No living, parede mostarda contrasta com o sofá vinho e com detalhes em tons de verde

No living, parede mostarda contrasta com o sofá vinho e com detalhes em tons de verde Foto: Marco Antonio

Projetar um apartamento alugado nunca é uma tarefa fácil. É preciso saber quais móveis comprar e em quais reformas pontuais investir, sempre tendo em mente que o atual morador possa levar consigo a maioria dos objetos, no caso de uma futura mudança. E foi com base nestas premissas que o arquiteto Lisandro Piloni projetou este apartamento de 130 m², no bairro dos Jardins. 

A moradora, uma empresária que mora sozinha, desejava um visual de impacto para sua casa. Algo que se mantivesse dentro do seu estilo, porém com um toque de ousadia. “Não houve muita mudança estrutural, pois não queríamos interferir em um apartamento que está sendo alugado”, lembra Piloni. Assim, o mix de cores e estampas foi a linha base do projeto. Para completar, uma boa garimpada entre as peças de design e os móveis que ela já tinha, conferiu personalidade ao projeto. 

Confira as fotos do apartamento:

Marco Antonio
Ver Galeria 6

6 imagens

Os objetos pessoais acumulados pela moradora ao longo de suas viagens foram ponto de partida para a escolha de muitas cores. “No living, por exemplo, existe uma tela que mescla tons de verde com amarelo, e que serviu de inspiração para criar a paleta de cores da sala”, exemplifica o arquiteto.

A climatização necessária foi adotada por meio de aparelhos de ar condicionado. Já a generosa luz natural, garantida pelas grandes aberturas nos ambientes. Por isso mesmo, o projeto de iluminação pode ser pontual e direcionado para os pontos de interesse e necessidade. Presente nas cores, no piso e na marcenaria do apartamento, a tonalidade marrom garantiu a sensação de acolhimento desejada. 

Como resultado, o projeto mescla peças de design e outras mais acessíveis, sendo que seu maior trunfo está na sofisticada combinação de cores e nos violentos contrastes. “Na sala, por exemplo, temos a parede mostarda contrastando com o sofá em veludo vinho. Uma combinação que nem sempre é usada por se tratar de algo muito impactantes. Esse foi o grande diferencial do projeto de interiores”, pontua Piloni.