Tog, loja de Philippe Starck, abre as portas em São Paulo

Marcelo Lima - O Estado de S.Paulo

Para o designer francês Philippe Starck, a liberdade de criação é a única tendência eticamente aceitável nos dias de hoje. “Todos somos e podemos ser criativos. Tudo é uma questão de exercício.” Apresentada ao mundo no ano passado, durante a Semana de Design de Milão, sua mais nova investida na área, a marca de móveis Tog – que inaugurou sua primeira loja-conceito no mês passado, em São Paulo – pretende abordar essa questão. E, no melhor estilo Starck, a partir de uma perspectiva nada modesta. 

O criador da Tog, Philippe Starck

O criador da Tog, Philippe Starck Foto: Divulgação

“Não queremos ser mais uma loja de móveis, mas uma plataforma criativa e colaborativa, capaz de oferecer produtos a preços acessíveis e facilmente personalizados. Uma ponte entre tecnologia de ponta e o melhor da produção artesanal”, explica o designer, um dos proprietários da marca, em parceria com o grupo brasileiro Grendene e com os empresários Andre Esteves, Nizan Guanaes e Alexandre Allard.

Como estratégia de varejo, além da loja física, a Tog conta com uma plataforma de comércio eletrônico (www.togallcreatorstogether.com.br) que pretende envolver os consumidores em uma intensa experiência de personalização de seus produtos. Daí a possibilidade de escolher online cores, texturas e detalhes diferenciados para cada uma das peças da coleção. Mas também a de difundir a experiência em escala mundial. “O cliente não só escolhe seu produto. Ao personalizar seu móvel em nosso site, ele se torna parte da comunidade global Tog e, ao lado de designers, artistas, artesãos e industriais se transforma em um criador coletivo”, sugere Starck.

A coleção Tog 2014, na loja conceito da marca no Itaim paulistano

A coleção Tog 2014, na loja conceito da marca no Itaim paulistano Foto: Divulgação

Na loja ou no site, os móveis, em sua maioria de plástico e produzidos na Itália, são oferecidos em versão “naked”, ou seja, prontos para customização. A coleção inicial traz as mesmas peças que foram apresentadas em Milão no ano passado. Starck, por exemplo, comparece com uma seleção de cadeiras inéditas, todas customizáveis. Com destaque para a transparente Misa Joy, que traz encosto formado por tiras de borracha coloridas e intercambiáveis.

Até o fim deste ano, a empresa promete turbinar seu acervo com os produtos lançados na última edição do Salão do Móvel de Milão. Incluindo a cadeira Alu Betty, do recém-chegado designer Antonio Citterio. Apesar da proximidade estratégica com o Brasil, a marca, por enquanto, não conta com nenhum designer brasileiro no seu time de criadores. Segundo Starck, apenas por razões conjunturais. “Acredito que seja apenas uma questão de tempo para isso acontecer. Nosso corpo não é selecionado em função de sua nacionalidade, mas estamos sempre abertos a novas propostas.” Que assim seja.

Setor da loja, exibe lavatório criado a partir de mesa customizável, Tog

Setor da loja, exibe lavatório criado a partir de mesa customizável, Tog Foto: Divulgação

Escrivaninha infantil de plástico, design Philippe Starck para a Tog

Escrivaninha infantil de plástico, design Philippe Starck para a Tog Foto: Divulgação