Sousplat em crochê: passo a passo de como fazer um lindo e fácil

Ana Lourenço - O Estado de S.Paulo

Decoração de mesa ganha destaque durante a pandemia por ser versátil e econômica

Para ter a mesa em harmonia, é possível colocar outros elementos de crochê na decoração

Para ter a mesa em harmonia, é possível colocar outros elementos de crochê na decoração Foto: Pinterest/Etsy

Quando o assunto é decoração, os campos são diversos. Muito além de móveis, estruturas e organização dos objetos, a decoração de mesa também é muito procurada por aqueles que adoram enfeitar e inovar com taças, talheres, pratos e claro, sousplats.

De origem francesa, o objeto aparece na história em meados do século XIX, mas ganhou popularidade após os anos 90. Traduzido, o termo significa “sob o prato” - explicando, justamente, sua função. “Dependendo do modelo e do material do sousplat ele pode virar um apoio para servir alimentos, eu mesma já usei muito em mesas de festas para servir doces e petiscos”, comenta a arquiteta e blogueira Giselle Martos, responsável pelo site Lar Doce Casa.

Para que serve o sousplat?

De acordo com as regras de etiqueta da mesa, a peça é usada como uma espécie de moldura para o prato para proteger a superfície dos respingos de comida, podendo ser usado com ou sem toalha. “O que a regra fala é que não pode usar toalha com jogo americano, pois esses dois itens têm a mesma função. Agora o sousplat tem uma função diferente da toalha e do jogo americano por isso não tem problema”, explica Giselle que ainda afirma que a peça deve permanecer na mesa durante toda a refeição, até mesmo entre a troca de pratos. “Ele somente deve ser retirado antes de servir a sobremesa. Essa não é servida no sousplat”, lembra.

Qual o tamanho ideal do sousplat em crochê e como pode ser usado?

Geralmente a peça deve possuir diâmetro de 35 cm, pois precisa ter uma borda maior em relação ao prato raso. Deve ser colocado dois dedos acima da borda da mesa para evitar que encoste no convidado. “Além de proteger, ele marca os lugares e evita que o prato deslize na hora de cortar algum alimento”, diz ela.

Bom senso. De acordo com Giselle Martos, essa é o segredo para a decoração com o crochê

Bom senso. De acordo com Giselle Martos, essa é o segredo para a decoração com o crochê Foto: Pinterest/ELO7

Sousplat em crochê torna o carro chefe nos dias de hoje

O tempo extra dentro de casa fez com que muitas pessoas investissem em hobbies manuais - cozinhar, pintar, costurar - e o crochê não ficou de fora. “Ele tem um apelo afetivo sim, porém design de afeto está em alta, trabalhos manuais estão em alta, e você sabendo usar, pode apostar nele sem medo”, indica Giselle.

O artesão Samuel Ramos que trabalha com crochê há oito anos e criou o canal Blog do Crochê - que já conta com mais de 82 mil seguidores no Instagram e 758 mil inscritos no Youtube - consegue perceber bem essa procura. “As pessoas estão vendo que é fácil de fazer e bonito, sem contar a pouca quantidade de material que você gasta para fazer uma peça”, diz ele.

Dentre as peças de crochê o sousplat é o carro chefe. “Eu vejo isso claramente nos meus vídeos: dentre os 10 vídeos mais vistos, só três não são sobre sousplat”, revela Samuel que ainda conta sobre a facilidade de decorar com a peça. “O tapete de crochê, por exemplo, às vezes não se encaixa em uma casa que teve todo o planejamento de decoração, mas quando você leva ele para a mesa posta, independente da decoração, você consegue usar o crochê”. 

Normalmente a peça é usada somente em eventos mais formais, porém em tempos de pandemia, por que não preparar decorações de mesas lindas - nem que seja somente para você? A criatividade não tem limites e as regras não precisam ser seguidas ao pé da letra. “Nos dias de hoje as mesas tem que ter personalidade, por isso o ideal é seguir a intuição, a única coisa que recomendo é bom senso”, diz Giselle. 

Passo a passo para fazer um sousplat de crochê: 

Você vai precisar de: 

  • Linha da sua preferência (“Eu gosto de usar o fio 100% algodão, mas dá para utilizar um fio mais fino também - inclusive barbante comum. Em média com 150 m - 200 m de fio você faz um sousplat de 35, 40 cm”, conta Samuel)
  • Agulha para crochê 3 mm
  • Tesoura 
  • Agulha de tapeceiro ou agulha de costura para cortes e acabamentos

Comece fazendo um anel mágico. Segure a ponta da linha com o dedão e o indicador e dê duas voltas com o fio nos dedos indicadores e do meio. Introduza a agulha embaixo da primeira volta e, por cima da outra. Puxe-a em direção a ponta dos dedos e, por cima da primeira volta, busque o fio que vem do novelo novamente e faça um ponto baixo. 

A partir daí, faça quatro correntes. Lace o fio na agulha e dentro do anel mágico faça um ponto alto. Repita o procedimento onze vezes, totalizando em 12 pontos altos.

Isso claro, é uma base. “Anel mágico, corrente e ponto alto são guia para fazer qualquer peça de crochê. Mas o sousplat varia muito o modelo, formato e cada um tem uma composição de ponto. Não dá para passar uma fórmula base”, explica Samuel. 

Separamos dois modelos para você se inspirar: 

 

O sousplat de crochê quadrado, segundo Samuel, é chamado de jogo americano. “Modelos redondos, ovais, ou com formatos de estrelas, por exemplo, são sousplat”, diz. Independente do nome, não existe certo ou errado para os formatos. “Tudo depende do formato da sua mesa e o quão confortável ele atende a composição que você quer fazer, é igual escolher almofadas para decorar, é uma questão de gosto”, indica Giselle. Para quebrar o romantismo do crochê, use objetos contemporâneos para compor o restante da mesa. 

Como o sousplat em crochê deve ser lavado e secado?

Na hora de lavar, é recomendado que seja feito a mão. Caso não seja possível, coloque na máquina de lavar na função delicada, ou ainda, dentro de um saquinho de lavar, para que a máquina não tenha contato direto com o fio.

Independente do modo de lavagem, o que não pode fazer é pendurar a peça. “É preciso colocar em varal de chão aberto. Senão com o peso da água ele pode deformar”, ensina Samuel.