Saiba como fazer três árvores de Natal com custo quase zero

Ana Lourenço e Marcelo Lima - O Estado de S.Paulo

Convidados exclusivos do Casa dão ideias para você renovar sua decoração natalina

Árore de Sabrina Costa feita de materiais naturais, sem plástico e vidro reciclável

Árore de Sabrina Costa feita de materiais naturais, sem plástico e vidro reciclável Foto: Werther Santana/Estadão

Mais do que uma tendência, uma necessidade. O DIY (Do It Yourself) ou Faça você mesmo, em português, veio mesmo para ficar. E o Natal não foge à regra. Ao invés de adquirir itens prontos e comercializados, é sempre possível arregaçar as mangas e produzir por conta própria os mais diversos enfeites para a festa. A começar pelo mais tradicional deles, a árvore. 

Além de ser uma maneira de economizar, consumindo menos e melhor, reunir a família para compor um modelo exclusivo pode ainda se transformar em uma brincadeira sem hora para acabar. Ao invés de fio de náilon prefere utilizar lã? No lugar de bolas prefere frutas? Sem problemas. 

Aqui, apresentamos três propostas que facilmente podem ser adaptadas ao seus gostos e estilo de vida. Todas tendo como base uma (ou mais) paredes de sua casa. Elas são construídas com base em elementos naturais, hoje, mais do que necessários, após um período tão prolongado de isolamento. “Após quase nove meses, é uma forma de trazer a natureza para dentro de casa e de nos reconectar com ela”, afirma Sabrina Costa, florista e proprietária do ateliê Die Blume. “Minha ideia ao compor minha árvore foi a de oferecer uma possibilidade de contemplação, sem comprometer o espaço”.

Assim como ela, o artista plástico Samir Zavitoski e a produtora de conteúdo Cláudia Pixu também foram convidados pelo Casa  para criarem suas árvores de parede. Uma boa opção tanto para quem têm pouco espaço disponível em casa como para os donos de pets.

“No meu caso, procurei reaproveitar, de modo consciente, materiais de uso cotidiano e também outros, de baixo custo, para compor uma peça de bom gosto”, explica Samir. 

Com foco na sustentabilidade, na árvore de Sabrina, todo o material orgânico utilizado foi comprado de produtores locais do estado de São Paulo. “Seja qual for o espaço disponível, sempre há potencial para ocuparmos os ambientes da casa de forma criativa e responsável”, lembra Sabrina, que fez questão de usar zero plástico e vidro reciclado na sua composição. 

Seja qual for a proposta, ao que tudo indica, a única regra a se seguir em se tratando de árvores de parede é reproduzir o formato do tradicional pinheirinho. No mais, dos materiais às cores, tudo fica a critério de cada um. “Adoro peças rústicas. Então adotei parte de uma antiga janela como moldura. Assim, você pode encostar a árvore em qualquer canto da casa”, conta Cláudia. “O Natal não precisa ser caro e exuberante. Basta usar a criatividade e investir em peças que te tragam lembranças e memórias”, sugere ela.

 

Árvore de parede por Sabrina Costa

Materiais:galhos diversos, folhas de araucária, flores ‘sempre vivas’ (Comanthera), vidrinhos decorados com Lavandas e ‘mosquitinho’ (gypsophila), fio encerado, velas, pinhas, quadro botânico, fio de náilon, fita adesiva, pendurador, tesoura, fita métrica e alicate de jardinagem

Materiais:galhos diversos, folhas de araucária, flores ‘sempre vivas’ (Comanthera), vidrinhos decorados com Lavandas e ‘mosquitinho’ (gypsophila), fio encerado, velas, pinhas, quadro botânico, fio de náilon, fita adesiva, pendurador, tesoura, fita métrica e alicate de jardinagem Foto: Werther Santana/Estadao

Como fazer:

Para começar, tire a medida da parede para calcular o tamanho da sua árvore. Fixe o pendurador no local superior escolhido. No chão, organize os galhos de maneira que façam a forma do pinheiro tradicional - use um alicate de jardinagem para diminuir, caso necessário. Com a estrutura pronta, amarre as extremidades dos galhos com o fio de náilon.

Isso deve ser feito nas laterais, usando dois fios de cada lado para garantir que o peso do galho não altere a forma da árvore. Cole fita adesiva em cima dos nós de náilon para garantir que o galho irá escorregar. Depois dos galhos amarrados, una a extremidade superior e posicione-a no pendurador.

Com a base da árvore pronta, enriqueça a decoração com as bolinhas decoradas. Passe o fio encerado perto da rolha do ornamento e pendure onde desejar. O mesmo pode ser feito com as sempre vivas: faça um mini buquê e pendure nos galhos. O toque final é dado com a estrela na ponta que, neste caso, é um quadro botânico em forma de estrela. Para finalizar, coloque luzes e alguns itens na base da árvore para deixar a composição mais harmônica.

 

Árvore de ganchinhos por Samir Zavitoski 

Materiais: folhas de jornal, tesoura, cola branca, cola quente, tinta acrílica, pincel, mini ganchos adesivos de parede, argolas de madeira de tamanho médio e pequeno, fios rústicos, barbante, linha vermelha e gravetos 

Materiais: folhas de jornal, tesoura, cola branca, cola quente, tinta acrílica, pincel, mini ganchos adesivos de parede, argolas de madeira de tamanho médio e pequeno, fios rústicos, barbante, linha vermelha e gravetos  Foto: Samir Zavitoski

Como Fazer:

Escolha a parede da casa que irá fazer sua árvore. Distribuía os ganchos de parede em formato de árvore no local e meça a distância para saber qual deverá ser o tamanho dos seus elementos decorativos. Em seguida, corte 1,50 m do fio rústico e dobre três vezes. “Eu usei o cordão dobrado porque ele era fino, caso o seu seja mais grosso, não é preciso dobrar”, indica Samir. Passe-o na argola de madeira. 

Para os elementos, amasse 1/4 folha de jornal formando uma bola. Quando pronta, fure o centro com um objeto pontiagudo. Cubra-a com tiras de jornal e cola branca, repita o processo três vezes. Deixe secar por um momento. 

O formato ‘canudinho’ é feito com uma tira de jornal, de 20 x 5 cm, enrole-a em um molde, como por exemplo um cabo de pincel, e cole suas pontas com cola branca. Deixe secar

O formato ‘canudinho’ é feito com uma tira de jornal, de 20 x 5 cm, enrole-a em um molde, como por exemplo um cabo de pincel, e cole suas pontas com cola branca. Deixe secar Foto: Samir Zavitoski

Pinte os diferentes ornamentos com tinta acrílica na cor que desejar. “O legal é fazer várias bolas de diferentes tamanhos e cores”, conta Samir.

Alternando as cores e formas, passe os elementos pelo cordão. Uma dica é prender as pontas dos fios com fita crepe para facilitar a passagem dos fios por dentro dos elementos. Quando terminar a sequência desejada, coloque um pouquinho de cola branca dentro da última peça para fixar. Retire a fita crepe e desfie o que sobrou do fio.

Para a estrela, separe 15 gravetos de aproximadamente 20 cm e agrupe de três em três, usando cola quente. Junte-os, formando uma estrela e com ajuda de cola quente, cubra as pontas enrolando a linha vermelha. Enrole-a também nas intersecções.

O segredo para um bom resultado é mesclar cores, tamanhos e formatos

O segredo para um bom resultado é mesclar cores, tamanhos e formatos Foto: Samir Zavitoski

 

Árvore de papel por Cláudia Pixu

Materiais: janela antiga, pregos, martelo, folhas verdes artificiais, bolas de Natal, galhos de cerejinha artificiais, livro antigo, grampeador, fita dupla face e luzinha de LED (pilha)

Materiais: janela antiga, pregos, martelo, folhas verdes artificiais, bolas de Natal, galhos de cerejinha artificiais, livro antigo, grampeador, fita dupla face e luzinha de LED (pilha) Foto: Cláudia Pixu

Como fazer: 

Remova a capa do livro - ela não será utilizada. O material pode ser substituídopor revista ou jornal, porém lembre-se que a sonda só dará certo se as folhas estiverem presas umas nas outras, como no livro. Para isso, grampeie de cima a baixo, na vertical, formando a brochura. 

Movimento de dobradura para a árvore de Pixu

Movimento de dobradura para a árvore de Pixu Foto: Cláudia Pixu

Dobre a primeira folha em um triângulo até a brochura do livro. Dobre novamente, formando um triângulo mais fino. A parte de baixo, que ficou para fora, para além do tamanho do livro, dobre para dentro. Cole as duas dobragens com fita dupla face. Continue repetindo a sequência nas outras páginas até formar a árvore desejada. Ela pode ser mais cheia ou não.

Em seguida, cole a primeira e última folha da árvore na janela antiga - que também pode ser modificada por um pedaço de madeira ou tábua. “A ideia é colocar bem no meio, como se estivesse emoldurando a árvore”, ensina Cláudia. Para dar um toque a mais, pregue pregos pequenos nas laterais da janela para prender a luzinha de LED e o galho permanente. Se quiser, pendure bolas natalinas também. Para finalizar, apoie a sua estrela personalizada no topo da árvore. “A estrela estava pronta, um enfeite super antigo de madeira. Mas pode ser substituída”, diz ela.