Reforma troca varanda por home theater

Marina Pauliquevis - O Estado de S.Paulo

Espaço era pouco usado pela família, que optou por criar um grande living com áreas integradas em apartamento em São Paulo

O apartamento no Alto de Pinheiros tinha uma varanda grande e envidraçada, mas tão subaproveitada que a família quase não ia lá. “Era praticamente um depósito de brinquedos”, conta a arquiteta Alice Miglorancia, do escritório SM2, que, com a sócia, Agnes Manso, fez uma reforma que transformou completamente o uso do espaço.

Em três meses de obra, com o casal e os dois filhos morando no local, o living original foi integrada ao terraço, abrindo espaço para um home theater, que se soma agora ao estar e ao jantar já existentes. “Os moradores costumavam ficar só na salinha de TV e depois da obra ‘descobriram’ que tinham uma sala grande para usar.” O novo living ficou com 65 m², sem contar os 18 m² da sala de jantar.

No home theater, o destaque é o painel que acomoda TV, prateleiras e até uma lareira embutida na marcenaria – uma caixa de pedra camuflada isola o fogo. “Sobre a estrutura de drywall que montamos, o artista plástico André Peticov fez uma pintura que imita concreto”, diz Alice. Como a varanda avançava até a lateral do prédio, esse painel esconde parte da parede envidraçada e delimita a área do home theater.

Na outra extremidade, a sala de jantar permaneceu no local original, mas agora pode ficar isolada do restante da área social. Uma porta com quatro folhas foi pintada exatamente da mesma cor das demais paredes, para ficar o mais disfarçada possível quando estiver fechada. Uma quinta folha, bem no limite da varanda, acomoda a máquina do ar-condicionado. “Foi uma solução que encontramos, já que o prédio, mais antigo, não tem terraço técnico para o equipamento”, explica Alice.

A maior parte dos móveis já era dos moradores e foi apenas reformada, caso dos sofás; só foram acrescentados acessórios. E uma ou outra peça saiu de um cômodo para outro: a poltrona Charles Eames que ficava no quarto agora está no home theater. “Tentamos usar ao máximo o que eles já tinham, então, optamos por repaginar o mobiliário, o que é uma ótima opção para mudar o ambiente.” A reforma agradou à família, que praticamente ganhou uma outra sala, sem perder nada da vista para a grande área arborizada do bairro.