Reforma transforma apartamento em balada

- O Estado de S.Paulo

Com um só morador, imóvel em São Paulo ganhou área social integrada e móveis pensados para os encontros com os amigos

O apartamento de 60 metros quadrados no Itaim ficou com um living de 40 metros quadrados depois da obra do escritório Casa 100

O apartamento de 60 metros quadrados no Itaim ficou com um living de 40 metros quadrados depois da obra do escritório Casa 100 Foto: Quadra 2/Divulgação

Com um só morador, este apartamento de 60 m² no bairro do Itaim passou por uma reforma que privilegiou a área social, que agora tem 40 m². Reponsável pela obra, o escritório Casa 100 integrou varanda, sala e cozinha, nivelando o piso e unificando revestimentos. “Mesmo trabalhando em casa, o morador gosta de receber os amigos. Tudo foi pensado para criar o ambiente ideal para festas”, conta o arquiteto Guilherme Carceles.

Siga o Casa no Instagram e use nossa hashtag #casaestadao

Uma das providências foi planejar dois circuitos de iluminação embutida no forro de gesso do teto da sala: um para o dia a dia e outro para as baladas, com luzes coloridas. Também é muito usado nos encontros com os amigos o móvel multifuncional de madeira desenhado pelos escritório que circunda todo o living. “Ele tem diferentes alturas, para servir como banco ou mesa, além de gavetas e nichos”, diz Carceles.

No espaço onde antes ficava a varanda, para criar um “clima meio underground”, o arquiteto optou por deixar o forro de concreto exposto, mesmo recurso utilizado na pequena cozinha – ali, o ambiente foi limitado ao mínimo necessário para uma pessoa que quase não prepara seus alimentos em casa. 

Curta a página do Casa no Facebook

No ambiente onde predominam os tons da madeira, tauari no piso e freijó no painel atrás de um dos sofás, e cinza, no forro e nas paredes com tecnocimento, merecem atenção as cadeiras assinadas por Konstantin Grcic em posição de destaque. “Foi uma sugestão nossa que o proprietário acatou. Aliás, com ele já ocupando o apartamento depois da reforma, confirmamos que acertamos em cheio no projeto. Com o acréscimo da vista que se tem da área social: você se sente realmente dentro da cidade.” / Marina Pauliquevis

Quadra 2/Divulgação
Ver Galeria 10

10 imagens