Por uma boa noite de sono

Natália Mazzoni - O Estado de S.Paulo

Colchão e travesseiros na medida certa são essenciais para descansar

Ambiente assinado pela arquiteta Maria di Pace para a Casapronta

Ambiente assinado pela arquiteta Maria di Pace para a Casapronta Foto: Divulgação

Colchão e travesseiros ideais contribuem para que seu descanso seja mais bem aproveitado e para que você não tenha dores no corpo ao acordar. O segredo está no modelo ideal para cada um, levando em conta a posição preferida para dormir e peso. “É preciso avaliar se o produto suporta o peso do usuário resguardando suas condições ideias de uso e essas informações estão na etiqueta. Sugiro, por exemplo, que quem tem 80 kg, compre um colchão para 100 kg, assim o produto terá boa performance e durabilidade maior”, diz Michele Rodrigues, especialista em desenvolvimento de produtos da CBP, fabricante no Brasil da marca King Koil de colchões.

Ela recomenda alguns cuidados para que o colchão esteja sempre em bom estado, como invertê-lo, ao menos, a cada 30 dias. “Arejar a peça também é fundamental, por isso, em caso de cama com estrado, certifique-se de que o intervalo entre as ripas tenha pelo menos 4 cm de largura.”

Travesseiros também precisam de atenção para que não fiquem amarelados nem sejam a morada de ácaros, causadores de alergia. “Deixe o travesseiro sob luz indireta todos os dias, nunca durma com o cabelo molhado e higienize a peça a cada três meses, de preferência numa lavanderia especializada”, recomenda Renata Federighi, consultora do sono da Duoflex.  

Um travesseiro para cada posição

DE LADO

É aconselhável sempre dormir com dois travesseiros, um para apoio da cabeça e, o outro, entre os joelhos 

DE BARRIGA PRA CIMA

É preciso usar um travesseiro baixo ou médio para apoiar a cabeça, que deve preencher o espaço entre a cervical e a nuca, para evitar a hiperflexão do pescoço. Outro travesseiro deve ficar embaixo dos joelhos, de forma que fiquem semiflexionados

DE BRUÇOS

Apesar de não ser uma posição indicada para o sono, por aumentar riscos de problemas na coluna, é recomendável utilizar dois travesseiros bem baixos, um para apoio da cabeça e outro embaixo do abdômen, na altura da curvatura da cintura

Fonte: Renata Federighi, consultora do sono da Duoflex