Móveis para pets são criados para se integrar à decoração da casa

Ana Lourenço Especial para - O Estado de S.Paulo

Móveis ‘human friendly’ são criados pelo estúdio Snooze Design

A casa Vértebra, colaboração do Snooze com o designer Bruno Freire, é feita à mão e produzida com madeira teca naval e traz colchão ortopédico 

A casa Vértebra, colaboração do Snooze com o designer Bruno Freire, é feita à mão e produzida com madeira teca naval e traz colchão ortopédico  Foto: snooze design

Quando pensamos em casinhas para cães, normalmente nos vem à mente aquele célebre modelo de madeira, com porta arredondada e telhado de duas águas, localizado, de preferência, em algum canto escondido da casa. Pois em nada esta ideia corresponde aos móveis ‘human friendly’ criados pelo estúdio Snooze Design.

A coleção de casinhas, apesar de destinadas aos pets, são altamente decorativas e, nesse sentido, podem ser aproveitadas, também, pelos humanos. “Não é uma coisa pra ficar jogada na lavanderia. Tanto você quanto seu animal podem desfrutar”, diz um dos fundadores da marca, Luccas Iatauro, que conheceu seu sócio, Andrea Sandtfoss, no curso de Artes Plásticas. 

Além da proposta inovadora, o esquema de produção também é revolucionário. A maioria das peças são projetadas pela dupla fundadora, mas eles também aceitam a colaboração de outros designers e marcas. “Gostamos da ideia de criar uma família Snooze”, brinca Iatauro. Hoje, os produtos da marca são vendidos por e-commerce e em duas lojas físicas. Entre os planos para o futuro estão parcerias com lojas, inclusive de decoração. “A aceitação tem sido muito boa. É um mercado novo, por isso mesmo, até agora não temos nenhum concorrente direto que carregue esse conceito”, finaliza o outro sócio, Sandtfoss.

A mesa Parafuso, ideal para gatos, com estrutura de madeira e tampo de vidro. 

A mesa Parafuso, ideal para gatos, com estrutura de madeira e tampo de vidro.  Foto: Snooze Design