Mostra permanente no bairro dos Jardins traz conceito de 'casa viva'

Ana Lourenço - O Estado de S.Paulo

Casa Mollde + Conteúdo_ tem a proposta de ser uma exposição com cara de casa, com foco no aconchego e na tecnologia

Sala de estar da casa conta com revestimento 'Adobe' da Castelatto, inspirados na Arquitetura Vernacular

Sala de estar da casa conta com revestimento 'Adobe' da Castelatto, inspirados na Arquitetura Vernacular Foto: Israel Gollino

As mostras de decoração são importantes para conferir as tendências e lançamentos de produtos, além de serem um bom lugar para inspirações de novas ideias para a própria casa. Normalmente, seguem a premissa de ocupar um espaço com ambientes decorados e aberto à visitação. Já as feiras, são estandes com diversas peças que promovem uma marca ou um artista. Na decoração, elas costumam acontecer mediante datas fixas, também trazendo as novidades do mercado nichado.

A Casa Mollde + Conteúdo_, recém inaugurada no bairro do Jardins em São Paulo, junta um pouco dos dois mundos: espaços decorados destinados à lojistas e profissionais dos setores de arquitetura, decoração e design. Além disso,  a mostra é permanente e se renova a cada semestre para garantir atualidade.

Ao invés de ambientes soltos - como seriam em mostras de decoração comuns - , o projeto assinado pelo designer de interiores Newton Lima, com curadoria de mobiliário feita pelo designer de produto Victor Leite, contempla uma casa inteira. “A grande diferença é que as mostras exibem o trabalho de profissionais e as feiras expõem os produtos para compras. A casa Mollde é uma união de fabricantes e importadores num showroom com cara de casa para inspirar”, explica Newton. 

Durante a visita, o acolhimento proporcionado pelos móveis e pela paleta de cores quentes, entre terrosos e esverdeados, fazem com que você realmente se sinta em casa, mas claro que o imóvel escolhido ajuda a garantir essa atmosfera. A casa, que data dos anos 40, foi eleita a preferida por sua grande área externa - o que harmoniza bem com a rua Groenlândia e pela sua estrutura original, que foi toda mantida -  assim como suas árvores centenárias do jardim. Ao todo são 1200 m² de área, 550 m² de construção.

“A gente quer ter uma identidade de cor, de vida, de casa vivida. Tem controle remoto, tem flor no vaso, tem o bolo esquentando, a cama tem um manto desarrumadinho… é isso que a gente quer em casa”, diz Newton, que ainda reforça a ideia de não ter paisagismo dentro de casa, mas sim muitas janelas para convidar o público para a área externa. 

O Gazebo une paisagismo e decoração e encanta quem visita o espaço logo na entrada

O Gazebo une paisagismo e decoração e encanta quem visita o espaço logo na entrada Foto: Israel Gollino

Mas claro que um espaço tão bonito deste, em um dos bairros mais arborizados de São Paulo e complementado com o paisagismo assinado pela Lapa Garden, não poderia somente esperar por visitas. É aqui que entra o “Conteúdo” do nome. Com planejamento de marketing e conteúdo de Alessandra Olivastro, da agência Conteúdo_, a casa também serve para eventos, lives e encontros - tudo sempre respeitando o limite de 30 pessoas dentro da casa.

“É uma casa viva com conteúdos todos os dias. Nós viemos somar esse lado criativo e o lado digital,híbrido. Estamos em São Paulo, numa ótima localização para quem tá aqui. Mas a gente entende que o Brasil é muito maior que isso e, principalmente em um momento de pandemia, que as pessoas estão se deslocando menos, a gente também queria atingir esse público em outros lugares”, explica Alessandra. 

O canal, serve como um blog com dicas de decoração, design e empreendedorismo. “Não vendemos nada aqui, mas promovemos colaborações, parcerias. Então é um hub de tendências, além de negócios, porque como a gente só trabalha com indústrias, temos peças que nem chegaram às lojas ainda”, diz. 

Ao todo, os ambientes são construídos com 45 marcas diferentes, que não concorrem entre si - desde produtos do setor têxtil e mobiliário até tapeçarias e design floral. A curadoria, porém, faz com que tudo seja visto com naturalidade. “Temos objetos internacionais, mas majoritariamente são nacionais. A gente queria trazer o calor pra casa: da madeira, da argila, do barro, que são elementos que traduzem bastante nossa cultura”, diz o designer.

Ambiente 'Jantar dos Amigos' tem muita textura: desde a parede de tijolinhos até os lustres de palhas. Definitivamente é um dos ambientes mais instagramáveis da casa

Ambiente 'Jantar dos Amigos' tem muita textura: desde a parede de tijolinhos até os lustres de palhas. Definitivamente é um dos ambientes mais instagramáveis da casa Foto: Israel Gollino

As inspirações, segundo ele, vem do momento atual. “Essa pandemia trouxe muito essa necessidade de você olhar para onde você vive, valorizar a área externa, investir em móveis melhor dimensionados para facilitar a circulação, a questão da sustentabilidade. Mas em fevereiro teremos uma casa mais colorida, que traz mais cultura”, revela Newton. Isso porque a cada seis meses, a Casa Mollde terá uma mudança radical com novas propostas, tendências e, claro, novidades.

“Quem vem conhecer gosta muito, as visitas são guiadas sempre para falarmos dos parceiros, da proposta da casa, é um tour, realmente. E queremos que seja uma parada obrigatória para quem curte decoração e design”, diz ele. Para visitação, é preciso fazer o agendamento prévio através do email contato@casamollde.com. 

 

Serviço

Casa Mollde + Conteúdo_

Visitação mediante agendamento prévio pelo e-mail:contato@casamollde.com

Rua Groenlândia, 1089, Jardins