Manter tudo no lugar é essencial nos pequenos apartamentos

Marcelo Lima - O Estado de S.Paulo

Moradora de um apartamento compacto, a diretora de arte Mayra Navarro conta como lida com a limitação de espaço

A diretora de arte Mayra Navarro, que vive em um apartamento de 58m2 em Mirandópolis

A diretora de arte Mayra Navarro, que vive em um apartamento de 58m2 em Mirandópolis Foto: divulgação

A diretora de arte Mayra Navarro, filha do arquiteto Décio Navarro, mora há quatro anos em um apartamento de dois quartos, com 58 m², no bairro de Mirandópolis, na zona sul de São Paulo. Efetivada a compra do imóvel, ela conta que a decisão de botar as paredes abaixo veio fácil. “Fiz uma reforma completa, privilegiando a área social do apartamento. Abri a cozinha para a sala e também um segundo quarto, que transformei em escritório. Satisfeita em viver em um apartamento pequeno, ela elenca, nesta entrevista ao Casa, o que não pode faltar para uma experiência bem-sucedida."Visualizar a bagunça é o pior vilão de todos. Faz com que a gente não descanse.”

Quais são os prós – e os contras – de morar em um apartamento pequeno?

É importante contar com tudo organizado e com pouca informação, do contrário você tem a sensação de que não tem nada e de que a vida fica muito desconfortável. Além disso, de tempos em tempos, é necessário revisar os objetos e roupas e ver o que pode sair para dar espaço ao novo. Armários são essenciais, especialmente para manter escondido tudo o que não estiver em uso. Um espaço pequeno e organizado fica mais fácil de limpar e fazer a manutenção. No meu apartamento, priorizei a integração dos ambientes para ter a sensação visual de um espaço maior. Considero que, sempre que possível, isso deve ser tomado como meta.

Depois da reforma, a pequena cozinha se integrou totalemente à sala

Depois da reforma, a pequena cozinha se integrou totalemente à sala Foto: divulgação

Como é receber em casa para você?

No meu caso, bem bacana, porque, como a cozinha é integrada com a sala, o cozinheiro da vez, às vezes eu, à vezes algum amigo, não fica isolado, separado dos convidados. Agora, antes de mais nada, é fundamental manter tudo no lugar. Isso salta aos olhos dos convidados. Também é importante providenciar um lugar – ou mesmo um cabideiro – para depositar bolsas e casacos dos visitantes. Esses itens costumam roubar assentos quanto a casa fica cheia! Acho que o quarto é o melhor lugar para isso e, deixando o ambiente à meia-luz, sugiro que meus convidados deixem os seus pertences por lá ao chegar.

O que considera fundamental para decorar um apartamento do tipo?

Um apartamento pequeno requer um bom projeto. Na verdade requer mais projeto. Tudo deve ser feito para tornar os ambientes mais funcionais e fáceis de organizar. Comprar móveis pequenos e nas medidas corretas (e isso inclui um medição prévia cuidadosa) é fundamental para não atravancar a circulação. Móveis compactos e com dupla função também auxiliam no dia a dia. No meu apê não abro mão de um sofá-cama na sala na eventualidade de receber algum hóspede. Por fim, pintar os ambientes com uma cor clara também é recomendável.

Escritório onde antes era um quarto se abre para a sala

Escritório onde antes era um quarto se abre para a sala Foto: divulgação