Luz, design e ascensão

Roberta Cardoso - O Estado de S.Paulo

Iluminação ganha destaque em tradicional feira de móveis gaúcha

Projetada por Noemi Saga, a Hermit Lamp foi uma das finalistas do Prêmio Salão Design, atração da feira Movelsul que busca fomentar e estimular a criatividade e o empreendedorismo de designers e arquitetos. Foto: Noemi Saga

Projetada por Noemi Saga, a Hermit Lamp foi uma das finalistas do Prêmio Salão Design, atração da feira Movelsul que busca fomentar e estimular a criatividade e o empreendedorismo de designers e arquitetos. Foto: Noemi Saga Foto:

Em 30 anos, o setor moveleiro do Brasil evoluiu muito. E a Movelsul, uma das maiores feiras de móveis da América Latina, testemunha essa trajetória, retratando, fielmente, o nascimento, a expansão e a consolidação desse mercado, sobretudo no Rio Grande do Sul. 

Realizado no início desse mês, o evento, promovido pelo Sindimóveis de Bento Gonçalves, que comemora sua 30ª edição, não deixou de realçar a importância do design como ferramenta para alavancar o sucesso e o reconhecimento das marcas no mercado nacional e internacional.

Confira fotos de luminárias apresentadas na Movelsul

 

Entre os lançamentos apresentados, o segmento de iluminação foi o que mais se destacou tanto entre os expositores que apostaram em coleções criadas em parceria com designers renomados de todo o País, quanto entre os participantes do Prêmio Salão Design – uma iniciativa da feira que, desde 1988, busca fomentar e promover a criatividade e empreendedorismo entre designers e arquitetos. 

É o caso da designer Noemi Saga, que teve o seu projeto entre os finalistas do concurso deste ano. “A luminária Hermit Lamp é uma peça portátil que pode ser levada para onde tem menos luz”, diz. Já o designer Francisco Esteban Terroba, da Iluminar Brasil, levou à feira uma proposta minimalista, que permite saída de luz indireta e um uso otimizado de espaço. “A motivação para criar a luminária Mini Nadda foi a intenção de criar um objeto com mínimas dimensões, que pudesse ser pintado com a mesma tinta da parede ou do teto”, explica.

Não por acaso, o grande vencedor da edição 2018 do Prêmio Salão Design foi a luminária Costureira. Projeto de André Ferri, de Belo Horizonte. “Além de feita de forma artesanal, em marcenaria, a peça pode ter seu tubo girado em 360º, o que permite controle total da luminosidade”, explica o vencedor.