Livro retrata prédios emblemáticos de SP

- O Estado de S.Paulo

Publicação viabilizada por financiamento coletivo consta a história de 42 edifícios da cidade; projeto começou em página do Facebook

A fachada cheia de varandinhas e a piscina do Edifício Germaine Burchard, erguido na década de 30 na Rua Cásper Líbero

A fachada cheia de varandinhas e a piscina do Edifício Germaine Burchard, erguido na década de 30 na Rua Cásper Líbero Foto: Milena Leonel/Divulgação

Vivendo no Brasil há seis anos, o italiano Matteo Gavazzi sempre viu com estranhamento o sumiço de prédios antigos em São Paulo. “Não via nada sendo demolido em Roma. Aqui, uma rua pode mudar do dia para a noite.” Com a ideia de reunir informações sobre construções interessantes, no centro e em seu entorno, criou no Facebook a página Prédios de São Paulo, que depois deu origem a um site.

O projeto, feito como um hobby de Gavazzi, que tem uma empresa de corretagem de imóveis, cresceu e acaba de virar um livro, ilustrado com fotos de Milena Leonel e Emiliano Hagge. A publicação, também com o nome de Prédios de São Paulo (R$ 100, 228 págs.) retrata 42 edifícios e foi viabilizada por financiamento coletivo, com cerca de 600 apoiadores . Agora, será lançada oficialmente, na terça-feira (16/6), às 19h30, no Museu da Casa Brasileira (Av. Brig. Faria Lima, 2.705).

Gavazzi já catalogou cerca de 120 prédios - registrados em mais de mil fotos -, buscando informações sobre sua história em arquivos de jornais, livros, trabalhos acadêmicos e revistas de arquitetura, como a Acrópole, publicada de 1938 e 1971. O projeto continua na internet e o próximo passo deve ser a criação de um aplicativo. Durante o lançamento do livro, Gavazzi e os fotógrafos Milena e Hagge vão falar sobre a execução do trabalho e curiosidades sobre os prédios retratados.

Divulgação
Ver Galeria 5

5 imagens