Liberdade para criar

Natália Mazzoni - O Estado de S.Paulo

Por não achar o que queria no mercado, designer cria a própria marca

Designer Débora Chodik

Designer Débora Chodik Foto: Hélvio Romero

Depois de morar em Londres e Barcelona, a designer Débora Chodik, de 27 anos, queria montar uma casa com a sua cara. Mas não encontrou no mercado peças que expressavam sua personalidade. Foi assim que decidiu abrir seu próprio negócio. Em sua nova casa, funciona seu estúdio de criação, onde desenha estampas que vão parar em acessórios como pratos, aventais e tábuas de corte, vendidos pelo site que leva seu nome, e também na loja do Café Tio Antonio, no Jardim Paulista. A familiaridade com criação vem da experiência como assistente de moda dos estilistas Reinaldo Lourenço e Giuliana Romano. “Esse trabalho me encanta por ser livre. Eu posso criar uma estampa e usá-la num prato, numa almofada, depois decidir que vou fazer outra coisa com ela. É uma libertação dos padrões que a moda de vestuário impõe, de ter que criar coleções para cada estação.”