Irmãos Campana lançam linha inédita de porcelanatos

Marcelo Lima - O Estado de S. Paulo

Coleção Órbita, da Decortiles, traz placas que reproduzem o espaço sideral

Uma linha inédita de porcelanatos acaba de surgir no firmamento. Portando a assinatura estrelada de Fernando e Humberto Campana, Órbita, da Decortiles, traz placas esmaltadadas e texturizadas que reproduzem o espaço sideral. Para comentar a coleção, direto de Roma, Fernando falou ao Casa.

A coleção Órbita é composta por cinco superfícies diferentes, todas no formato 59 x 59 cm, com peças com ou sem relevo

A coleção Órbita é composta por cinco superfícies diferentes, todas no formato 59 x 59 cm, com peças com ou sem relevo Foto: Foto: Decortiles

Duas dimensões parecem percorrer o trabalho: o mundo rural e a exploração espacial. Como vocês se relacionam com estes universos?

Pois é, é tão engraçado. Eu queria ser astronauta, o Humberto, índio. Os dois aficionados pelo céu. Nós ficávamos olhando para o céu de Brotas, porque não tínhamos nada para fazer. A cidade sempre teve um céu bem nítido e limpo, especialmente agora no início do outono. Antes da televisão, o cinema era a janela para o mundo. Eu me lembro muito bem quando meu pai nos levou para assistir ‘2001: Uma Odisseia no Espaço’. Quando voltamos, não tinha aquelas máquinas voadoras para comprar nas lojas de brinquedo. Aí, eu e o Humberto criamos nossas próprias astronaves, com madeira, bambu. Nossa ideia foi oferecer uma espécie de janela, como foi para nós sair do rural e ir para outra dimensão. Por outro lado, também fomos influenciados pelo papel dos azulejos ao longo da nossa história. Começando pelos portugueses, pelos franceses em São Luís, por Flávio de Carvalho, e depois, com Brasília, por Athos Bulcão e Burle Marx. O que sempre me impressionou é como se pode criar um novo desenho só mudando a posição de um azulejo na parede ou piso. Com a coleção, é o próprio pedreiro, arquiteto ou morador que vai poder desenhar sua galáxia.

Placa de porcelanato sem aplicações metalizadas indicada para pisos

Placa de porcelanato sem aplicações metalizadas indicada para pisos Foto: Foto: Decortilles

Outros dois procedimentos comuns na obra de vocês se fazem notar: o olhar sobre o artesanal e uma certa "subversão" dos padrões industriais. Como se deu o processo de produção?

Com todas as empresas que nos propõem o desafio de detalhar um produto industrial, procuramos criar algo que impacte o usuário. O Humberto, que é o mais manual de nós, ia à sede da empresa explicar o projeto. Enquanto isso, eu ficava em São Paulo fazendo os desenhos e tendo ideias que nos ajudassem a explicar melhor como comunicar o resultado almejado. 

Existe muito de pictórico na coleção. De alguma forma vocês olharam para paredes e pisos como se fossem telas?

Antes de trabalhar com meu irmão, eu convivi com muitos artistas plásticos. Foi uma fase importante. O Humberto sempre pintou telas a óleo. Então, nós dois cultivamos este lado, digamos, mais artístico. Eu, sempre de uma forma mais intuitiva, buscando trazer para as pessoas uma visão diferente de mundo.

Os designers Fernando e Humberto Campana

Os designers Fernando e Humberto Campana Foto: