Influência escandinava é marcante nos móveis da loja carioca Jatuticasa

Marcelo Lima - Impresso

Leveza e uso elaborado da madeira são características da marca

Banquetas de madeiram denotam influência escandinava

Banquetas de madeiram denotam influência escandinava Foto: Divulgação

Os designers Thiago Antonelli (esq.) e Thelvyo Veiga, com bancos de bar, criado-mudo, banquetas e racks da coleção Jabuticasa

Os designers Thiago Antonelli (esq.) e Thelvyo Veiga, com bancos de bar, criado-mudo, banquetas e racks da coleção Jabuticasa Foto: Divulgação

A Jabuticasa é uma marca carioca que desenha e produz suas criações. Fruto da parceria dos designers Thiago Antonelli e Thélvyo Veiga, busca sintonizar a tradição brasileira de uso da madeira com as aspirações do consumidor contemporâneo. Suas coleções denotam nítida influência do design produzido no norte da Europa, mas com temperatura carioca. “Acredito que nossos móveis compartilham o mesmo desejo de leveza, mas com uma pegada muito mais quente e envolvente”, definiu Antonelli nesta entrevista ao Casa.

A madeira é um interesse comum de vocês. Como isso se deu?

Thiago Antonelli: Fui amplamente influenciado pela estética do design contemporâneo europeu de uso da madeira. Tive contato direto e pude absorver essa estética devido à minha formação acadêmica (ele é mestre em design de produtos pela universidade sueca Umea Institute of Design). A madeira também faz parte da história do Thélvyo. Seu pai era um exímio marceneiro e desde muito cedo ele mostrou habilidades para o ofício, aprimorando-o quando estudou design na PUC do Rio. Hoje o diálogo entre nós flui de forma harmoniosa graças à admiração que nutrimos pelo material

O que consideram que o jovem consumidor brasileiro de móveis busca?

Thélvyo Veiga: Em linhas gerais, produtos que reflitam seu estilo de vida, sua concepção de estilo. Ele busca móveis e objetos de decoração que traduzam esse universo estético e marcas que transmitam esses valores. Existe também uma busca por autenticidade e novidade. E, mais do que isso, acredito que estamos passando por uma transição do comportamento de consumo. A tecnologia da informação é a principal causa disso e estamos muito atentos a ela.

Comente o processo de desenvolvimento das coleções da marca.

Antonelli: Nosso trabalho começa por uma fase de imersão, quando tentamos traduzir tendências de comportamento detectadas por uma consultoria especializada com a qual trabalhamos, a Agência Timbre. Os dados levantados por ela servem como ponto de partida, mas sofrem profundas transformações ao longo de todo o processo. Sobretudo durante os meses de construção de protótipos, quando finalmente chegamos a um produto que possa representar a estética Jabuticasa – uma marca que tem raízes na Escandinávia, mas uma vibe genuinamente carioca.