Home theater repaginado

YARA GUERCHENZON - O Estado de S.Paulo

Onde: home theaterQuem fez: arquiteta Clélia Regina AngeloTempo de obra: 1 mês   Foto: Divulgação  O problema: os moradores, um casal e uma filha jovem, não queriam mais saber dos acabamentos e do mobiliário adquirido há dez anos para o amplo estar da casa. Além disso, a estante do home theater havia se tornado inútil: o móvel abrigava uma coleção de fitas de vídeo, que ficou em desuso com a substituição por DVDs.Como era: na sala de 23 m², a estante era o móvel de destaque, com estrutura de marfim ebanizado e nichos que se estendiam até o teto. Na base, os armários eram fechados por portas com lâminas de madeira marfim. Os sofás não eram adequados para o local, que também não tinha projeto de iluminação. E o revestimento de pedra Goiás no piso, que combinava com a estética dos móveis rústicos, nada mais tinha a ver com o estilo de vida atual dos proprietários. Como ficou: no lugar da estante, a parede pintada de marrom contrasta com o painel de compensado com acabamento de laca brilhante marfim (2,5 m x 2 m x 0,20 m). A peça embute TV de LCD e tem dois nichos, revestidos de rádica noce, para objetos. O mesmo material foi usado no aparador baixo (3,25 m x 0,50 m x 0,55 m), com gavetões para DVDs e CDs e outros nichos para os equipamentos eletrônicos. O teto, por sua vez, ganhou rebaixo de gesso com pontos de luz embutidos que podem ser acionados separadamente, criando uma iluminação suave ou intensa. No piso, porcelanato bege (1,20 m x 0,60 m).Decoração: para o novo espaço, a arquiteta escolheu um sofá em L revestido com ratier de linho e duas poltronas giratórias de couro sintético.