Força bruta

Caio Faheina ESPECIAL PARA O ESTADO - O Estado de S.Paulo

Marca investe em peças brutalistas com pouco ou nenhum acabamento

Peça da coleção Tijolo feita com barro antes do processo de secagem

Peça da coleção Tijolo feita com barro antes do processo de secagem Foto: Dpot Objetos

Bancos, bandejas, floreiras e potes. Tudo feito de concreto, cerâmica, couro cru. Investindo em objetos de acabamento rústico, quase rudimentar, a Dpot Objeto acaba de receber sua mais nova linha de acessórios para casa, de forte conotação experimental e brutalista.

Com a assinatura da Traço Objetos, do Instituto Campana – dos irmãos Fernando e Humberto, em parceria com a comunidade Aliança de Misericórdia, de Piracicaba, que acolhe pessoas em situação de rua –, e da arquiteta Rahyja Afrange, são peças de execução 100% artesanal, que oferecem inúmeras possibilidades de uso, evidenciando cuidado e identidade no processo de fabricação. Além de produzir forte impacto nos mais diversos ambientes: dos mais convencionais aos mais contemporâneos. 

 

Cubos em couro cru da arquiteta Rahyja Afrange

Cubos em couro cru da arquiteta Rahyja Afrange Foto: Dpot Objetos