Faça você mesmo: passo a passo de como restaurar uma mesa lateral

João Abel* - O Estado de S. Paulo

Cores vibrantes podem dar vida nova a um móveis antigos; acompanhe a transformação

Trabalho manual de lixagem, limpeza e pintura pode renovar móveis desgastados

Trabalho manual de lixagem, limpeza e pintura pode renovar móveis desgastados Foto: Zeca Wittner/Estadão

Aquele móvel antigo herdado da família, o restinho de tinta que sobrou de alguma reforma e um pouco de disposição. Não é preciso muito mais do que isso para acrescentar um pouco mais de cor ao cenário da casa. “A restauração é um processo manual e pode ser aplicada a qualquer peça”, diz Jeferson Maximo, técnico de laboratório do Istituto Europeo di Design (IED).

“Há uma redução do impacto ambiental e a decoração ganha mais personalidade”, acredita o designer argentino Christian Ullmann. Para o especialista, decorar com móveis renovados é uma maneira de quebrar a uniformidade da casa e conferir ao mobiliário uma atmosfera intimista, quando é feito pelo próprio morador. “É também uma forma de reunir as pessoas. Todos acabam dando um palpite sobre como o móvel deve ficar, acaba gerando uma interação”, acrescenta.

Maximo ressalta, entretanto, que é preciso depreender tempo e se atentar aos detalhes do processo, que nem sempre se finaliza em algumas horas, especialmente em móveis maiores e mais desgastados. “Madeiras mais claras e de superfície lisa aceitam melhor a tinta. Em outras é preciso muitas demãos”, afirma. 

A pedido do Casa, o técnico do IED restaurou uma mesa lateral com nicho acoplado. Confira o passo a passo e experimente você também:

*Estagiário sob supervisão do editor de suplementos Daniel Fernandes