Expo Revestir: saiba o que esperar da feira 100% digital

Ana Lourenço - O Estado de S.Paulo

Sustentabilidade, cor, conforto e tecnologia são a base das novidades que serão apresentadas no evento

Linha Baía, da coleção Foz, celebra o design consciente e contemporâneo 

Linha Baía, da coleção Foz, celebra o design consciente e contemporâneo  Foto: Decortiles

Em decoração, a frase "a beleza está nos detalhes" é quase uma premissa. Mais do que agradar a vista, os objetos da casa devem ser funcionais, contando uma história que corresponda ao estilo de vida do morador e harmonize com seu arredor. Para garantir o melhor, a escolha dos revestimentos, que vão do piso ao teto, passando pelas paredes, deve levar em conta as tendências e novidades do mercado -  que são, em sua maioria exploradas nas feiras e mostras de decoração. Uma das mais aguardadas, considerada a Fashion Week da Construção, é a Expo Revestir.

O tradicional acontecimento que antes lotava os 40 mil m² da Transamérica Expo Center passou para o digital. A partir de hoje, 22, até o dia 26 de março é possível visitar a 19ª edição da maior feira da América Latina, e a quarta maior do mundo do segmento, no site exporevestir.com.br.

Os ingressos são gratuitos, mas é preciso fazer inscrição no aplicativo Sympla, com opções de visitação em inglês, português ou espanhol. Isso porque junto com ela, ocorrem dois importantes eventos de decoração e arquitetura. O Congresso Internacional de Design de Interiores (Conad), com o tema Design como Linguagem Global, e o Fórum Internacional de Arquitetura, Design e Construção (FIAC), com palestras de grandes nomes, como o arquiteto francês Christian de Portzamparc e o designer brasileiro Humberto Campana. A organização das conversas vai de acordo com as efemérides espalhadas pela semana  - Dia do Revendedor (22), Dia do Design de Interiores (23) e Dia do Arquiteto (25). 

“Nossa palestra estará focada no processo criativo, de que forma os materiais se tornam importante na criação dos objetos, e como suas histórias estão presentes em todo o processo. Como costumamos dizer, mais do que designers, somos contadores de histórias”, revela Humberto Campana.

Os designers Humberto e Fernando Campana

Os designers Humberto e Fernando Campana Foto: divulgação

A dupla, que já rodou o mundo com suas obras e palestras, conta que a sua língua-mãe é o design. “É muito importante e gratificante aproveitar momentos como este da Expo Revestir para poder compartilhar, ou melhor, devolver, tudo o que aprendemos ao longo dessa nossa trajetória de vida”, diz. 

Após fazer a inscrição, cada visitante terá acesso às salas das marcas onde encontrará todas as novidades em fotos, vídeos e textos descritivos. A estreia online facilita na locomoção da feira e em seu aproveitamento. Afinal, será possível visualizar as novidades dentro de cada projeto com ajuda da realidade virtual e  ‘curtir’ os produtos favoritos, como em uma espécie de Pinterest, salvando-os automaticamente em sua área restrita. No Instagram da ExpoRevestir, todos os dias às 19h, ocorrerá uma live para falar sobre os destaques do dia e o que irá acontecer no seguinte.

Sustentabilidade em alta

O momento atual foi a grande inspiração para os expositores trazerem as soluções e tendências de revestimentos, cerâmicas, louças e metais para a casa. A busca pelo aconchego do lar e aproximação da natureza foram as grandes diretrizes, mas a tecnologia e a sustentabilidade também ganharam destaque. “A casa mais que nunca é um lugar de vida. Cores, flores e comida boa completam esse cenário de proteção”, conta o jornalista Jackson Araújo, que ao lado do designer Walter Rodrigues fará uma palestra no dia 23. 

Para a dupla, a economia afetiva é uma das propostas para a implementação do design sustentável. “Vivemos num ecossistema global em que cada ato de qualquer indivíduo afeta significativamente a vida dos outros. A economia afetiva propõe uma reflexão sobre as conexões de todos os processos produtivos, visando criar assim um ambiente colaborativo de evolução de toda a cadeia, sem minimizar ou excluir qualquer participante”, explica Walter. 

Linha Rec da Cerâmica Atlas

Linha Rec da Cerâmica Atlas Foto: Cerâmica Atlas

Unindo o design e a tecnologia, a Cerâmica Atlas lança a linha Rec, com produtos compostos com 65% de materiais descartados da própria fábrica. Além disso, em todo o processo produtivo da empresa, 80% da água é reutilizada, depois que passa por um tratamento de efluentes. Outra importante marca que investe na sustentabilidade é a Indústria Santa Luzia. Não deixando de lado o uso de resíduos de poliestireno expandido e madeira plástica (WPS), agora acrescenta em seu portfólio novidades de revestimentos para parede, rodapés e deques ecológicos. A Coleção Wood Panel, por exemplo, é composta por placas de madeira extraídas a partir de pinus reflorestados pela marca, assim como os ripados da coleção Multilinha.

Já a Decortiles celebra o design consciente e contemporâneo, provocando uma reflexão sobre a necessidade de proteção dos nossos rios e oceanos com a coleção Foz. Por isso, suas linhas têm nomes como Recife, Gávea, Diamantina e Baía. A paleta de cores retrata os tons encontrados na natureza: terra, argila, pedras e folhas secas. A marca aposta também nos maxiformatos e espessuras milimétricas, o que diminui a necessidade de rejuntes na aplicação, entre outros benefícios.

A Durafloor destaca a tecnologia Protekto Plus, essencial em tempos de pandemia, uma vez que oferece proteção antibacteriana e antiviral aos pisos laminados. De acordo com a empresa, a novidade foi testada e aprovada em laboratórios independentes, seguindo recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

Tendências de cores

Os tons neutros se repetem entre os lançamentos das marcas deste ano. Afinal, uma vez que o lar se tornou refúgio, foi preciso investir em linhas clássicas e formatos práticos. Em contraste com sua coleção passada, que explorou cores vibrantes, a Roca Brasil Cerâmica apresenta uma cartela mais tranquila. O mesmo se vê na Biancogres, que segue uma linha mais clássica em sua nova coleção de mármores, o Statuario Superior.

Com fundo branco e veios prateados, a peça busca garantir sofisticação e equilíbrio para os ambientes. “Os lançamentos deste ano priorizaram o atemporal, o essencial e o emocional, conceitos super-relevantes para este momento em que não há espaço para desperdícios”, destaca Alexandre Luz, Gerente de Marketing e Produtos da empresa.

A Helena Porcelanatos mantém a neutralidade, porém aproveita de um truque de ótica, que permite um efeito 3D com iluminação, em sua nova coleção Cingapura. A técnica usa aplicação de glossy e granilha. Já a Portobello criou a coleção Gouache, cheia de cores e formas. Seus 13 tons revelam diferentes nuances e camadas simulando o movimento do pincel. Os tons pastéis ficaram para a linha Bonbon, assinada pela italiana Paola Navone, uma das palestrantes da FIAC. Com formas irregulares que remetem aos contornos de pequenos doces, elas criam um mosaico exclusivo para qualquer ambiente.

Coleção Unlimited Experience da Portobello em parceria com o jornalista Pedro Andrade

Coleção Unlimited Experience da Portobello em parceria com o jornalista Pedro Andrade Foto: Portobello

Outra característica marcante da 19ª edição da feira é a união da arquitetura com outras áreas. A moda, por exemplo, é a base para os lançamentos da Ceusa. A coleção Tie-Dye da marca traz a tendência da moda de uma forma desconstruída, com paredes contaminadas de argamassa colorida, com formas fluidas, simulando o movimento de uma lixa sobre o cimento. 

A Coleção Unlimited Experience da Portobello misturou arquitetura e viagens. Sua linha Horizontes, assinada pelo jornalista Pedro Andrade, recria experiências e sensações vividas pelo profissional ao entrar em contato com diferentes culturas ao longo de sua vida. Ao todo, são cinco destinos favoritos: Jaipur, Santorini, Tulum, Zanzibar e Nova York, onde vive há quase vinte anos.

Louças e metais

As palavras da vez são conforto, funcionalidade e higienização. Os lançamentos da Tramontina se encaixam nos requisitos com coifas silenciosas e misturadores que oferecem água quente, fria e filtrada em um só lugar. De acordo com a empresa, a solução pode economizar 150 galões de água de 20L em seis meses.

Touchless - ou “sem contato” - é a técnica que lidera os lançamentos da Deca. São mais de 25 produtos que exploram inovação, tecnologia e estilo. As peças têm acionamento inteligente, com liberação de fluxo condicionado, apenas pela aproximação em qualquer ponto. Dentre as novidades estão as linhas assinadas pelo designer Jader Almeida e o arquiteto Ricardo Bello Dias.

Novas torneiras oferecem, ao mesmo tempo, água quente, fria e filtrada

Novas torneiras oferecem, ao mesmo tempo, água quente, fria e filtrada Foto: Tramontina