Espaço do leitor

casae@estado.com.br - O Estado de S.Paulo

X Av. Engenheiro Caetano Álvares, 55, 6º andar. CEP 02598-900, São Paulo, SP.

Plantas vintage geram polêmica Achei ridícula a explicação do paisagista Alex Hanazaki para a carta de Maria Luiza de Almeida (publicada na edição de 26/8). Como pode um profissional que se intitula paisagista classificar plantas de cafonas e/ou fora de moda? Quer dizer então que existem plantas cult, kitsch, brega ou... o que mais? Fico pensando no que o paisagista Burle Marx, que tinha olhos apurados para a beleza e a elegância de cada espécie e sabia inseri-las magistralmente em seus projetos, diria dessa frivolidade dita pelo se nhor Alex Hanazaki. David Emanoel Albernaz, por Email R: O paisagista Alex Hanazaki (tel.: 11 3061-3420) responde: "Em resposta à pergunta do leitor sobre o que são plantas vintage, fiz uma analogia usada na decoração, a respeito de tudo o que foi muito marcante em uma determinada época. Eu disse, também, que tais plantas , quando utilizadas no contexto de um jardim, jamais podem ser vistas como modismo, e por isso as utilizo em meus projetos. Quando usadas no contexto de decorar ambientes, podem se tornar inadequadas, quando o conjunto não se torna harmonioso. Um vaso de samambaia pendurado no teto na sala pode ou não se tornar cafona, dependendo do contexto". Idéias para piso e portas Recentemente, adquiri um imóvel construído na década de 70. É uma casa espaçosa, bem confortável e bem conservada. Ela é toda acarpetada, mas não desejo conservar esse revestimento. Queria saber o que fica melhor: colocar cerâmica nas salas e dormitórios, ou tacos de madeira nos dormitórios? Outra dúvida: os armários dos quartos são de cerejeira trabalhada, muito bem feitos e em ótimo estado, porém ouvi dizer que cerejeira está em desuso. Em caso positivo, que madeira é mais indicada para revesti-los? Vera Lúcia Teixeira, por e-mail R: A arquiteta Carla Bachman e a decoradora Eliana Franco, da Eight Arquitetura e Decoração (tel.: 11 3865-8526), sugerem usar tacos nos quartos e, na sala, piso cerâmico ou de madeira. "A madeira melhora a sensação de aconchego. Porém, dependendo da finalidade de uso da sala, e pela facilidade da manutenção do piso cerâmico, existem inúmeros tipos de porcelanato (inclusive o que reproduz a aparência da madeira) que podem atender às expectativas da leitora. Quanto à cerejeira, realmente está em desuso. Mas antes de trocar as portas dos armários, orce quanto custa revesti-las. Muitas vezes, o gasto equivale a substituí-las. Uma opção para modernizar os armários dos quartos também seria instalar portas grandes de correr, de compensado ou MDF pintados de branco, intercalando com uma folha de porta revestida com espelho. Caso prefira algum tom de madeira, as opções são folhas de nogueira americana ou freijó. Lareira francesa Gostaria de saber qual o nome do fabricante da lareira francesa que aparece na matéria "Paraíso de um solteiro", publicada no Casa& de 12/8. Sérgio Charoux, por e-mail R: A lareira Ergofocus foi projetada pelo designer francês Dominique Imbert . O modelo de aço pesa 53 quilos, tem 95 cm de diâmetro e gira 360 graus. Dessa forma, o fogo pode ser direcionado para qualquer lado de um ambiente. Maiores informações e pedido de catálogo no site www.focus-creation.com.