Em azul e branco

- O Estado de S.Paulo

Para o fim de semana, a Casa do Golfe usa o efeito bicolor e 'Cumpre a proposta'

As proporções e a localização privilegiada da construção de 120 m² concebida pelo arquiteto Dado Castello Branco ajudaram a cumprir a função do espaço pensado para um casal sem filhos. Há regularidade entre o interior e o exterior, marcado pela fachada em pedra moledo e pela porta principal, de madeira pivotante. A decoração evoca um rústico chique que ressuscita o azul-e-branco com profusão de tecidos lisos, listrados, florais e xadrezes, além de jeans. O mote ficou por conta de materiais claros e naturais, da madeira de demolição e do artesanato. Tudo temperado por alta tecnologia, design de ponta e painéis decorativos com impressão digital. Com boas mesa e cadeiras ecologicamente corretas, feitas com exclusividade pela designer Etel Carmona, a sala de refeições integra-se tanto ao estar quanto à cozinha gourmet. A suíte tem direito a lareira embutida no chão do banheiro. O projeto faz, enfim, uma leitura equilibrada das tendências. Já o simpático carrinho de golfe fica estacionado no hall de entrada, com acesso por uma porta secundária de madeira, com abertura camarão na vertical. Há ainda o amplo deck a céu aberto, projetando-se sobre o gramado, que faz as vezes de campo de golfe, espaço aberto ao lazer.