Design têxtil é destaque na Japan House

Ana Lourenço - O Estado de São Paulo

Semana de design paulistana (DW!) invade, também, o tradicional Centro Cultural japonês da Paulista

Polygami, um dos tecidos expostos na mostra

Polygami, um dos tecidos expostos na mostra Foto: Sue McNab

Até o dia  27 de outubro, o piso térreo da Japan House, localizada no número 52 da Avenida Paulista, recebe a exposição NUNO - Poéticas Têxteis contemporâneas. A mostra destaca o processo criativo e as peças criadas pela designer Reiko Sudo, dona da marca japonesa Nuno (palavra que significa tecido em português). Para comemorar, a entrada do Centro Cultural se transformará em uma vitrine com koinoboris, carpas estilizadas feitas de tecido, típicas do Japão, que simbolizam saúde e longevidade. 

Com curadoria de Adélia Borges, crítica e historiadora de design, e de Mayumi Ito, consultora e fundadora do projeto comunitário Amaria, serão exibidos 35 tecidos feitos a partir de diferentes materiais como o bashofu (fibra de bananeira produzida em Okinawa, no Japão), a páginas de jornais, washi (papel japonês), cobre, plástico, borrachas e penas. Além dos tradicionais algodão, seda e lã. 

A mostra ressalta a contribuição da Nuno, fundada em 1984, para o atual design têxtil mundial, com uma seleção de tecidos que evidencia a diversidade das técnicas, texturas, materiais e cores, reinterpretando a tradição japonesa para o mundo contemporâneo; incluindo suas formas de produção artesanal, semi-industrial e industrial.

Confira fotos de algumas peças da mostra: 

Sue McNab
Ver Galeria 7

7 imagens

Para expor as peças, o arquiteto Pedro Mendes da Rocha, responsável pela expografia da mostra, se inspirou na natureza. Assim, uma grande árvore no térreo do centro cultural expõe as peças; seus ‘galhos’ e ‘folhagens’ são representados por painéis, de 3,5m de largura, cada qual com um diferente tecido.

 

A programação também inclui a 1ª Edição do Experiências Japan House São Paulo, que tem como objetivo proporcionar vivências exclusivas aos participantes. Aqueles que desejarem ter uma visita exclusiva com a designer, devem se informar através do site e fazer a inscrição, mediante um pagamento. Confira: www.japanhouse.jp/saopaulo