Design premiado

Marcelo Lima - O Estado de S.Paulo

A bem-sucedida trajetória do estúdio carioca em2 Design

Os designers Mariana Betting e Roberto Hercowitz, da em2 Design

Os designers Mariana Betting e Roberto Hercowitz, da em2 Design Foto: Divulgação

Sempre que pretendem criar um novo móvel, os designers Mariana Betting Ferrarezi e Roberto Hercowitz, do estúdio carioca em2 Design, pensam, prioritariamente, em quem vai utilizá-lo. “E fundamental que exista envolvimento entre produto e usuário. Que ele de fato agrade a quem o adquiriu”, afirma Mariana, que conheceu o sócio em Barcelona, onde estudaram juntos e resolveram dar início a um trabalho conjunto.

Siga o Casa no Instagram e use nossa hashtag #casaestadao

“O em2 Design nasceu lá. Talvez por isso, foi só em 2006, quando nos estabelecemos no Rio, que a identidade brasileira de nossos produtos começou a se manifestar com mais intensidade”, considera Hercowitz, que vê na experimentação com diversos materiais e técnicas de fabricação – couro, metal, plástico e vidro, entre eles – o traço mais distintivo da premiada atuação do estúdio em concursos dentro e fora do Brasil.

O banco Ratoeira, premiado pelo Salão Design 2015

O banco Ratoeira, premiado pelo Salão Design 2015 Foto: Divulgação

Agraciada em 2011 com um IF – premiação anual alemã, considerada por muitos o Oscar do desenho industrial –, a poltrona Fago, de madeira, foi pensada para oferecer conforto em tempos de crise e instabilidade financeira. “À época, as pessoas estavam interessadas em buscar recolhimento, aconchego. É isso que apresentamos”, explica a designer. "A ideia foi envolver o usuário, mas sem sufocá-lo. Para tanto, lançamos mão da a leveza e sinuosidade proporcionada – e sugerida – pelas ripas curvas. Acho que o júri soube captar a mensagem”, considera Mariana. 

Curta a página do Casa no Facebook

Na mesma trilha, este ano, apenas no concurso organizado pelo Salão Design, de Bento Gonçalves, duas criações da dupla foram premiadas: o banco Sela, com assento de couro e base formada por blocos de madeira, e o Ratoeira, cujo travamento do assento se dá pela “alavanca” proporcionada por seus pés tubulares. “Se obter reconhecimento pelo desenvolvimento de um único produto já é excepcional, imagine nossa alegria ao descobrir que havíamos sido contemplados não com um, mas com dois prêmios”, comemora a designer.

A poltrona Fago, premiada com o IF Design de 2011

A poltrona Fago, premiada com o IF Design de 2011 Foto: Divulgação

A cadeira Infinito, do em2 Design

A cadeira Infinito, do em2 Design Foto: Divulgação