Decoração na TV

Marcelo Lima - O Estado de São Paulo

Emocionantes, cheios de ação, bem elaborados. Mas seriam os realitys voltados para o tema, de fato, úteis para quem pretende reformar?

O apresentador do programa Extreme Makeover Brasil, do canal GNT, Otaviano Augusto

O apresentador do programa Extreme Makeover Brasil, do canal GNT, Otaviano Augusto Foto: Michelle Tomas

Em tempos de confinamento, construir e decorar podem render muitas horas de entretenimento. E, para isso, nem é preciso arregaçar as mangas e partir para uma reforma. Para os aficionados pelo assunto, os reality shows de decoração estão aí para movimentar as noites em casa. Só que no conforto de sua poltrona, sem quebra-quebra nem bagunça, e bem longe dos custos inevitáveis de uma obra.

“Acredito que o programa desperta a curiosidade. Mostra o que a casa poderia vir a ser, se os moradores se arriscassem mais”, considera o arquiteto Renato Mendonça, que estreou, há um mês,24h para Redecorar: atração das segundas-feiras, às 22h, do canal HGTV, na qual ele transforma um ambiente por completo em um dia.

Mais radical, o Extreme Makeover, que vai ao ar todas as terças-feiras, às 21h, no GNT, se propõe a realizar a reforma total de um imóvel: da estrutura à decoração. “O Extreme traz muitas ideias bacanas. Mas não é hora de grandes obras. Agora, é assistir e anotar. Usar a criatividade, reorganizar os espaços que temos, rever hábitos”, diz seu apresentador, Otaviano Costa. 

Emocionantes, cheios de ação, bem elaborados. Mas seriam os realitys de fato úteis para quem pretende reformar? Para aqueles que acham possível encontrar a cozinha dos sonhos por um preço acessível ou pensam que podem remodelar todo o banheiro em 24 horas, a resposta é, seguramente, não. Bancadas, eletrodomésticos e móveis de qualidade não são baratos e as equipes de produção dos programas trabalham dias, por vezes semanas, para concluir tudo no prazo. 

Por outro lado, como todos temos áreas em casa que esperamos um dia ver transformadas – e, muitas vezes, a simples pintura pode ser suficiente para renovar todo um ambiente –, conferir as reformas da TV, além de divertido, pode ser bastante ilustrativo.

“Procuramos dar um enfoque mais informativo ao programa. Se o espectador se apropriar das ideias apresentadas e aplicar em sua casa, nosso objetivo foi atingido”, afirma o arquiteto Maurício Arruda, que há cinco anos comanda o Decora, programa veterano na grade do GNT (no ar todas quintas-feiras, às 22h), que investe em uma fórmula clássica: conduzir a reforma total de um ambiente e depois testemunhar o espanto do morador diante do resultado.

Transformações da noite para o dia. Soluções de efeito. Mão de obra farta e disponível. Quem já passou pela experiência sabe que há pouco disso em uma obra convencional. Ainda assim, os reality shows podem cumprir a nobre missão de nos incentivar a perseguir nossos objetivos. Portanto, vale assistir. Depois, o melhor a fazer é entregar suas conclusões nas mãos de um profissional qualificado. Só ele vai poder ajudá-lo a transformar seus sonhos em realidade. Por ora, bom programa!