Criatividade à mesa

MARCELO HERMSDORF - ESPECIAL PARA O ESTADO

Propostas vencedoras foram inspiradas em grãos cultivados por diversas culturas ao redor do mundo

A vencedora teve a ideia de misturar personagens com cores mais alegres ao ilustrar os diferentes grãos

A vencedora teve a ideia de misturar personagens com cores mais alegres ao ilustrar os diferentes grãos Foto: OXFORD

Ter um aparelho de jantar com design personalizado faz a diferença em qualquer mesa. Pensando nisso, a Oxford resolveu abrir a 3ª edição do Prêmio Oxford de Design, e convidou artistas de todo o País para desenvolver uma estampa para um conjunto de jantar. A premiação teve como objetivo identificar os melhores trabalhos que homenageassem a gastronomia Brasileira e mundial.

"O prêmio tem a ver com o nosso DNA. Sempre nos interessou contar com um diferencial", afirma Antônio Marcos, diretor geral da empresa. Realizado entre 19 de setembro e 9 de outubro, o concurso teve como mote 'A Cultura Gastronômica ao Redor do Mundo'.  

No total, mais de 600 trabalhos foram recebidos pela empresa, que foram submetidos à votação popular para eleger os 30 finalistas. Dos selecionados, os jurados ficaram com a missão de definir os três melhores projetos. Os designers Rodrigo Brenner e Maurício Noronha, da Furf Design Studio, o chef Rodrigo Oliveira, do restaurante Mocotó, e a publicitária e jornalista Lucia Turqueto, do site Casa de Valentina, elegeram o projeto da capixaba Juliana Lisboa Santana como o vencedor.

Ao contrário dos outros concorrentes, a proposta vencedora optou por uma linguagem mais lúdica, capaz de aproximar as pessoas

Ao contrário dos outros concorrentes, a proposta vencedora optou por uma linguagem mais lúdica, capaz de aproximar as pessoas Foto: OXFORD

Com o tema 'Seja onde for, a comida nos une', a proposta vencedora foi inspirada nos grãos cultivados por diversas culturas do mundo. Segundo a designer e ilustradora vencedora Juliana Lisboa Santana o tema que sempre a atraiu. "Eu me interesso muito por comida, cozinha. Inclusive, já participei de um outro concurso na Expo de Milão, onde ganhei na categoria de Designer Gráfico, que também tinha como tema a questão alimentar no mundo", completa.

Diferentemente dos outros trabalhos concorrentes, Juliana foi capaz de trazer uma linguagem mais lúdica que se aproximasse mais das pessoas. "Eu tinha esta ideia de brincar com três grãos: o trigo, o arroz e o milho. Então, quis retratar os grãos utilizando a união entre as pessoas, que é uma característica do cozinhar. Então, eu utilizei estes dois conceitos e coloquei personagens com cores mais alegres, puras, ressaltando o verde, o azul e o amarelo", completa a designer.

Para a segunda colocada Ana Carolina, a gastronomia é uma troca de experiências

Para a segunda colocada Ana Carolina, a gastronomia é uma troca de experiências Foto: OXFORD

Além de receber um prêmio de R$ 5 mil, a linha que ela criou será produzida em edição limitada e será comercializada pelo site da empresa. A Oxford é a maior fabricante de porcelana e cerâmica de mesa da América Latina e produz aparelhos de jantar, xícaras, taças, copos e panelas. 

No segundo lugar, foi eleito o projeto 'Gastronomie', de Ana Carolina Carneiro Batista. O conjunto apresentou a gastronomia como um fluxo contínuo de troca de experiências e culturas. Já a terceira colocada veio de Salvador, na Bahia. Mayane Carvalho apresentou sua obra 'Bocapiu', nomeada em homenagem a um tipo de sacola artesanal de palha, que teve no design ainda referências a alimentos oriundos das feiras retratados por meio da técnica manual do carimbo.

Na terceira posição, Mayane Carvalho homenageou um tipo de sacola de palha

Na terceira posição, Mayane Carvalho homenageou um tipo de sacola de palha Foto: OXFORD