Conheça um estúdio com perfil executivo

Pedro Marques - Especial para o Estado

Reforma em imóvel para locação tem como alvo jovens profissionais urbanos

Reforma demoliu paredes e integrou a varanda, aumentando a sensação de espaço

Reforma demoliu paredes e integrou a varanda, aumentando a sensação de espaço Foto: Júlia Ribeiro

Imóveis para locação dificilmente recebem a devida atenção de seus donos. Mas não no caso deste apartamento situado no bairro de Pinheiros, que passou por uma pequena reforma para se tornar ainda mais fluido e funcional e, com isso, até ganhar uma vantagem sobre seus concorrentes – alguns, inclusive, no mesmo condomínio. 

Para tanto, o arquiteto Antonio Armando de Araújo, responsável pelo projeto, procedeu um estudo detalhado sobre o entorno do edifício, antes de dar início às obras. “Constatamos que a região tinha muitos prédios comerciais, hospitais e grandes escritórios. Com base nisso, fizemos um projeto voltado para um público mais executivo e jovem", conta ele. 

Veja mais fotos do projeto: 

Júlia Ribeiro
Ver Galeria 8

8 imagens

Segundo o arquiteto, em sua configuração original, o apartamento, de um dormitório, era “muito apertado”. “Além da divisão entre a sala e o quarto, retiramos as portas da varanda e nivelamos o piso com argila expandida para não sobrecarregar a laje”, explica. Para ganhar mais área útil, também foi removida a lavanderia. “Colocamos a cozinha no lugar, pois o prédio conta com lavanderia coletiva”, diz. 

Definidas estas mudanças, Araújo começou a implementar a marcenaria, para ele o ponto forte do novo desenho. “O elemento que mais me agrada é a estante, que, ao mesmo tempo, divide e integra a área social com a área íntima”, afirma. Um exemplo dessa integração é a base giratória da TV, que permite que ela seja usada tanto no estar quanto no dormitório. A união de espaços também se dá entre a sala de jantar, que se conecta à cozinha e ao estar, posicionado no lugar da antiga varanda. 

Para ampliar ainda mais a sensação de integração, Araújo optou pelo cimento queimado e pela cor verde. “Ela está bem presente na entrada do apartamento e, de forma sutil, em alguns objetos”, destaca. O cimento queimado, por sua vez, aparece no desenho da cozinha e do banheiro.

Outro material de destaque, a madeira freijó, aparece na cozinha, na forma do compacto armário sob medida e na cama do quarto, que traz em sua base duas gavetas laterais para melhor aproveitar o espaço disponível. 

Para Araújo, o resultado se traduz em um apartamento, com fluxos espaços limpos, linhas mais retas e estilo contemporâneo. Mudanças que não só valorizaram o imóvel, mas o tornaram ainda mais atraente os olhos de seus futuros moradores.