Cartas

- O Estado de S.Paulo

À procura de um vaso de cristalMinha mãe gostou muito de um vaso de cristal divulgado na página 24 da edição de aniversário do Casa& (28/10). Por favor, poderiam informar o telefone ou endereço da loja onde essa peça está à venda?Marcelle S. Daher El Khouri, por e-mailR: O vaso em questão, que aparece sobre a mesa de centro da sala de estar, é da Flor em Vaso, que também faz arranjos. O endereço é Av. Lavandisca, 334, Moema, tel.: (11) 5051-0026; www.floremvaso.com.br.Escada interna e dormentesPosso usar dormentes numa escada interna que liga o térreo à área dos quartos? O piso que fica próximo é de cerâmica clara.Fernando Oliveira, por e-mailR: O arquiteto Francisco Zanelato (tel.: 11 4799-1524) responde: "Os detalhes na arquitetura devem ser neutros para que a decoração transmita a personalidade do morador. A escada com dormente tem apelo rústico e fica melhor em áreas externas. A solução ideal para uma escada interna seria madeira de demolição aparelhada. A madeira traz aconchego ao ambiente e combina com quase todas as tonalidades de cerâmica clara. A escada pode ser considerada uma escultura dentro da arquitetura. Prefira um desenho leve, que garanta sua satisfação por mais tempo, já que as que têm desenho mais pesado podem custar mais e cansar visualmente de modo rápido."Árvores frutíferas no jardimTenho um espaço gramado de 3 m x 5 m, nos fundos da casa, onde gostaria de plantar algumas árvores frutíferas. Como fico fora o dia inteiro, a conservação precisa ser fácil. Poderiam apontar algumas espécies que dêem frutos em pouco tempo? Também gostaria de sugestões de plantas para fazer a forração em volta dos troncos. Algum paisagista teria dicas para me dar?Décio A. Torres, por e-mailR: Quem responde é a paisagista Luciana Wehba (tels.: 11 5052-2520 ou 8187-7617): "No espaço desse jardim, poderá plantar de duas a três árvores, dependendo do porte. Pode ser, por exemplo, uma jabuticabeira híbrida, já produzindo, que é uma espécie nativa brasileira, e um pé de acerola. Se quiser inovar, coloque no fundo do jardim um pé de açaí, árvore típica do Pará, e os de jabuticaba e acerola um pouco mais à frente. Para forrar os troncos, nada. Apenas um belo gramado que pode se estender até o tronco de cada árvore. Sugiro a grama São Carlos Plus, mais indicada para meia sombra - o que será seu caso, já que as árvores sombrearão a área verde. Aquela história de deixar um espaço sem nada para ser adubado é coisa do passado. Hoje, sabe-se que a grama protege a terra e o substrato da evaporação. Faça uma vala maior que o torrão, coloque pelo menos 4 sacos de substrato ou produto similar (húmus etc.), molhe bem e plante no "barro", como é costume dizer. Após o plantio, regue as plantas todo dia, de preferência à tarde ou à noite (para que a água não evapore com o calor do dia), durante um mês. Depois, vá diminuindo as regas até duas vezes por semana";