Bem servida

Bete Hoppe - O Estado de S.Paulo

Fernando Abdalla testa em casa, no Jardim Paulista, equipamentos que seduzem gourmets em sua loja

Sou um privilegiado, reconhece o empresário Fernando Abdalla. E com ele concordariam muitos gourmets. Afinal, de uma simples colher medidora com balança para pequenas quantidades até uma sofisticada máquina de cappuccino (Saeco), é na cozinha de casa, no Jardim Paulista, que ele testa os produtos que estarão nas prateleiras de sua loja, a Doural.

No espaço de 20 m², que parece menor por causa do arsenal culinário, apenas os utensílios que estão à vista nas bancadas em U de granito, prateleiras brancas e na parede vermelha já seriam bem-vindos na lista de casamento de qualquer noiva. Facas de inox Global (japonesa) e Zwilling (alemã); misturador flavour shaker Jamie Oliver (R$ 139,90); tábua de corte com lâminas coloridas removíveis para diferentes alimentos Typhoon (inglesa); fatiador de queijo WMF (alemão) e moedor para pimenta malagueta Peugeot (francês) são alguns, poucos, exemplos. "Se abrir as gavetas, vai encontrar brinquedos mil. Inutilidades úteis, tipo abridor de vagens, pegador de picles, difusor de chá individual", diverte-se.

Entre os equipamentos de porte, como fogão (cooktop de 6 bocas), forno e coifa (tudo de inox, da Ariston), chama a atenção a ausência de geladeira. Ela, na verdade, existe, mas camuflada de gavetões metalizados (também da Ariston). É ali que o mestre-cuca acomoda os ingredientes necessários para o cardápio.  

Vista da área de trabalho da cozinha, com bancada em U

Muitas das receitas, diga-se, são de restaurantes, como a de fundos de alcachofra com carne e molho de coalhada fresca que Fernando preparou para o Casa&. "É um de meus pratos favoritos no Arabia", revela. É cozinhando, aliás, que o empresário testa os produtos. Até por isso, as vedetes na cozinha são as panelas. Todas grifadas, a maioria é importada. Entre suas marcas prediletas, a alemã Silit (jogo com 4 peças, R$ 2.418,10) e as francesas Staub (modelo Cocotte vermelho sai por R$ 413,70), Critel (de inox) e Mauviel ( R$ 1.003,14).

Contudo, foi uma panela nacional de alumínio, "bem popular", que há cinco anos definiu o destino empresarial e, por tabela, influenciou a vida pessoal de Fernando. "Vendíamos só presentes, até que aceitei a panela em consignação. Vendeu bem, e percebi que era um mercado importante", conta. Como ele não entendia nada do assunto, inscreveu-se em cursos rápidos de culinária. "Para vender, tem de entender, senão perde a credibilidade." De lá para cá, soma mais de 30 cursos, como de pães e temaki.

O de risoto, porém, é especial. "Era início de namoro, queria impressionar e levei a Camila", conta Fernando. "Só que o risoto dele ficou horrível e o meu, ótimo", conta a mulher dele, que hoje trabalha com o marido.

Na vida do casal, a gastronomia está presente mesmo nas viagens a turismo. "Programa básico é entrar em supermercado", diz o empresário. "Também incluímos lojas especializadas e bons restaurantes no roteiro", emenda Camila, que reconheceu em Fernando o homem de sua vida ao entrar na cozinha por ele idealizada - com balcão para refeições rápidas acoplado à bancada com cooktop, a marcar a área de trabalho. "Mas ele me enganou, porque nunca cozinhou para mim", brinca. O marido, porém, promete se redimir. "Faz tempo que queria preparar o penne oriental do restaurante Spot para ela. Vou testar um novo modelo da Mauviel com essa receita."

Fundo de alcachofra recheado

Ingredientes

6 fundos de alcachofra

1/2 kg de patinho moído

1/2 cebola média picada

2 dentes de alho socados

1 colher (café) de pimenta síria

1/2 colher (café) de pimenta-do-reino moída

1/2 colher (café) de canela em pó

1 colher (sopa) de salsa picada

1/2 xícara (chá) de caldo de músculo

2 colheres (sopa)  de farinha de trigo (para engrossar a carne moída)

Sal a gosto

Pinolis (previamente dourados na manteiga)

1 colher (sobremesa) de alho socado

3 a 4 colheres (sopa) de manteiga

Para o molho

3 xícaras de coalhada fresca

1 colher rasa (sopa) de hortelã seca

Sal a gosto

Modo de Preparo

Numa frigideira, doure a cebola em 2 colheres de manteiga. Junte a metade do alho e refogue um pouco mais. Acrescente a carne moída, os temperos, a salsa e acerte o sal. Cozinhe até secar o excesso de água. Misture o caldo de músculo (previamente preparado) com a farinha de trigo para engrossar levemente a mistura. Adicione os pinolis. Reserve. Em uma panela, doure o restante do alho na manteiga. Retire. Numa tigela, tempere a coalhada com o alho dourado, a hortelã seca e o sal. Monte os fundos de alcachofra com o recheio e regue com o molho. Decore com pinolis