6 dicas para transformar a sala da sua casa em um cinema

Caique Alencar Especial para - O Estado de S.Paulo

Aspectos importantes vão desde a iluminação até a escolha de revestimentos

Segundo a arquiteta Clarice Volpi, para fazer um projeto é preciso considerar o momento do dia ou a atividade de quem está na sala, planejando um ambiente versátil para diversas situações com técnicas de iluminação. “Se a pessoa está no horário do almoço assistindo a um jornal, por exemplo, ela vai precisar de mais claridade. Já se for de noite para ver um filme, o cômodo precisa ficar mais escuro para não interferir na imagem da televisão”, diz. Projeto: Andréa Benthien Arquitetura

Segundo a arquiteta Clarice Volpi, para fazer um projeto é preciso considerar o momento do dia ou a atividade de quem está na sala, planejando um ambiente versátil para diversas situações com técnicas de iluminação. “Se a pessoa está no horário do almoço assistindo a um jornal, por exemplo, ela vai precisar de mais claridade. Já se for de noite para ver um filme, o cômodo precisa ficar mais escuro para não interferir na imagem da televisão”, diz. Projeto: Andréa Benthien Arquitetura Foto: R.R.Ruffino

Montar um cantinho aconchegante em casa não é tão difícil. Mas quando a televisão vai fazer parte dessa composição, vários outros fatores precisam de uma atenção especial para tornar a experiência do ambiente melhor. Entre eles estão a disposição do mobiliário, o tamanho do cômodo, a escolha dos eletrônicos, iluminação e até os tipos de materiais que serão utilizados. “A gente pensa nos tecidos, nas cores, no espaço, se a gente quer deixar ele mais leve ou se vai ser um ambiente mais escuro”, diz a arquiteta Clarice Volpi. Confira seis dicas da profissional para acertar!

Natasha Bagattoli
Ver Galeria 6

6 imagens