Mágica da organização

Natália Mazzoni - O Estado de S. Paulo

Autora japonesa ensina como manter a casa sob controle

Marie Kondo é autora do método de organização KonMari

Marie Kondo é autora do método de organização KonMari Foto: Divulgação

Quem nunca sonhou em ver sua casa organizada em um piscar de olhos? A guru da organização Marie Kondo, autora japonesa do best seller A Mágica da Arrumação, conta que o segredo de se livrar da bagunça é a felicidade. Sim, segundo ela, cada item que divide espaço com o morador deve ser mais do que útil. “Esse objeto me traz alegria? É isso que vai determinar o que vai e o que fica quando você arruma qualquer cômodo”, diz Marie. 

A seguir, a autora que é a nova embaixadora da marca Activia, dá dicas preciosas para quem precisa tomar coragem e colocar ordem na casa. 

Qual é o primeiro passo para organizar uma casa caótica?

Percorra os itens individualmente. Ou seja, comece pelas roupas, depois livros, recordações. Pense quais coisas você deseja manter, para isso, segure cada item e pense o que isso faz você sentir. Se você sentir felicidade, deixe ele na casa, se não, mande embora. 

Como organizar nosso closet?

Tire todas as roupas do armário, só assim você descobre o quanto tem. Antes de começar a arrumação dos cabideiros e gaveta analise cada peça da mesma forma que você fez com os objetos da casa. Isso me traz alegria? Essa é a resposta que você deve buscar sempre.

E para organizar os utensílios da cozinha?

Artigos de cozinha podem ser muito pequenos, é preciso organizar para saber o que tem nas gavetas. Use uma caixa com divisórias para manter isso tudo arrumado. De resto, separe tudo por setores, isso facilita muito o trabalho.

Qual é o segredo para manter a casa organizada?

Tenha um lugar específico para cada item que você tem. Assim, mesmo se a casa ficar bagunçada, vai ser fácil voltar as coisas para seus devidos lugares.Qual mudança de atitude uma pessoa desorganizada deve fazer?

Tudo é uma questão de mudar nossa atitude e percepção das coisas. Quando você percebe o quanto de coisas possui, fica fácil concluir que nem tudo é útil. Aprecie os itens que têm um propósito em sua vida, e evite acumular aquilo que você não precisa.