Decoração combina referências ao estilo industrial e toques de madeira

- O Estado de S.Paulo

Com inspiração fabril, apartamento na zona oeste de São Paulo tem predomínio de tons de cinza

O amplo living com ambientes integrados tem móveis da loja carioca Arquivo Contemporâneo

O amplo living com ambientes integrados tem móveis da loja carioca Arquivo Contemporâneo Foto: Zeca Wittner/Estadão

Quando as arquitetas Fabiana Silveira e Patricia de Palma, do escritório SP Estúdio, chegaram a este apartamento, na zona oeste de São Paulo, a obra mais pesada já havia sido feita sob comando do proprietário, que recorreu a elas para finalizar a ambientação. “Ele queria um estilo industrial e moderno”, diz Patricia.

Foi com esse pedido em mente que a dupla, em parceria com o arquiteto Bruno Moraes, instalou a cozinha aberta da Formaplas, desenhou toda a marcenaria e planejou a distribuição do mobiliário, em sua maioria comprado na loja carioca Arquivo Contemporâneo, pelo apartamento de 170 m².

Aço corten, tons de cinza e até um pouco de ferrugem marcam a decoração, definida por Patricia como “industrial sensível”. Em contraponto à crueza dos revestimentos, painéis de cerejeira acomodam a TV em dois pontos do living. “A leveza da madeira deixou chique o ambiente com inspiração fabril”, diz.

Demarcando a área do cozinha, uma grade de aço corten foi instalada abaixo da laje, avançando até parte da sala. Em todo o piso a opção foi por um porcelanato que imita cimento e o mesmo material aparece em duas paredes – do jantar e do estar – com aparência de aço desgastado.

Siga o Casa no Instagram e use a hashtag #casaestadao

Quando se entra no apartamento, logo se percebe um toque de irreverência na decoração: perto da janela, ao lado de uma poltrona Charles Eames, um banheira redonda está à vista de todos. Mas a ideia ali não é necessariamente se banhar, mas brincar: ela foi pensada mesmo para a diversão dos dois filhos pequenos do morador.

Zeca Wittner/Estadão
Ver Galeria 7

7 imagens