Casa em meio ao verde é refúgio de férias em Salvador

Natália Mazzoni - O Estado de S.Paulo

Construção tem telhado de sapê, parede de pedra e decoração minimalista

Casa na Praia do Forte tem telhado de sapê e paredes de pedra

Casa na Praia do Forte tem telhado de sapê e paredes de pedra Foto: Marco Antonio/Divulgação

A Praia do Forte, em Salvador, um condomínio de casas de pedra e telhado de sapê surge em meio ao verde de uma área protegida. Feitas com materiais simples, as construções, projetadas pelos arquitetos Thiago Bernardes e Paulo Jacobsen, não precisam de muito para agradar a quem gosta de se sentir cercado pela natureza – já estão imersas em uma paisagem especial. “É um caso onde não cabe exterior ou interior ostensivos. Foi com isso em mente que fiz o projeto de decoração de uma dessas casas”, diz a arquiteta Joana Requião.

Tendo como objetivo principal do projeto criar um ambiente leve e minimalista, que não interferisse na atmosfera do entorno, Joana buscou alternativas para valorizar as diferentes texturas presentes nos 294 m² disponíveis, como as exibidas pelas toras de madeira bruta do teto e a do bambu de algumas das paredes. “Os proprietários queriam um ambiente rústico, mas com um certo ar contemporâneo. A escolha de todo o mobiliário, então, partiu disso. São peças que estimulam a convivência dentro da casa e não poluem seu interior”, acredita a arquiteta.

Marco Antonio/Divulgação
Ver Galeria 11

11 imagens

No primeiro pavimento da casa ficam as três suítes. Todas decoradas com tons claros, as acomodações contam com uma porta de correr que se abre para o jardim, com direito até a pé na areia. As cortinas, de linho, são tão leves que deixam um pouco da paisagem vazar mesmo quando fechadas. “Busquei uma linguagem que fosse capaz de conviver com esses elementos naturais da maneira mais harmoniosa possível. Como é uma casa de veraneio, todos os ambientes devem funcionar como um convite ao relaxamento”, comenta a arquiteta. No banheiro, o box tem deck de madeira e um pequeno jardim.

No andar superior, o living fica entre a cozinha, separada do ambiente por um balcão de madeira rústica, e a área externa, isolada quando preciso por uma porta de vidro. Lá fora, uma piscina com guarda-corpo de vidro exalta o verde que percorre todas as janelas. “Não precisou mais do que um bom sofá, pufes e poltronas confortáveis. A circulação de ar é perfeita, a temperatura é quente o ano todo. Enfim, um bom lugar para passar as férias.”

Para evitar o mofo na sua casa de veraneio

Casas de veraneio costumam passar boa parte dos dias do ano fechadas. Sendo assim, é preciso tomar cuidado para que seus móveis fiquem preservados e o ambiente permaneça saudável. “É aconselhável ter alguém que possa passar na casa uma vez por semana para abrir as janelas e cuidar das roupas de cama e banho, senão o ambiente se enche de umidade e mofo”, alerta Joana Requião.

Para evitar que o mofo apareça em armários e paredes, use vinagre branco na limpeza, solução barata e bastante eficaz. Manchas de umidade nas paredes pode ser retiradas com água sanitária, segundo a arquiteta. Tecidos e travesseiros devem ser lavados antes do uso depois de guardados por muito tempo.