Uva passa: no arroz, na farofa ou no panetone, saiba por que você precisa consumir o alimento

Camila Tuchlinski - O Estado de S.Paulo

Apesar das piadinhas, especialistas garantem que fruto previne diabete, doença cardiovascular e até câncer

Uva passa: conheça os benefícios do alimento para a sua saúde.

Uva passa: conheça os benefícios do alimento para a sua saúde. Foto: Pixabay

Que tal um tradicional arroz com passas? E a maionese que mistura a seleta de legumes com o adocicado da frutinha? E no panetone, então, a versão clássica não permite a ausência deste produto.

A banalização no uso do alimento em diversos pratos fez com que ele fosse considerado o 'vilão' das ceias. 

Mas o que muita gente não sabe é que a uva passa tem um potencial antioxidante e anti-inflamatório importante, como explica a nutricionista Layanne Nascimento Fraga, mestre em Ciência da Nutrição e doutoranda em Ciência dos Alimentos da Universidade de São Paulo (USP).

"Ela atua ainda na redução da ocorrência de doenças cardiovasculares, do câncer colorretal, da osteoporose e da diabete tipo 2, na redução do colesterol total e colesterol LDL, e atua ainda melhorando o trânsito intestinal e sintomas da menopausa", enumera. 

Aprenda a fazer um delicioso arroz com champanhe e passas.

No Natal e no réveillon, a uva passa é motivo de piada durante as festas de fim de ano. Confira algumas brincadeiras de internautas no Twitter:

A receita de arroz com passas nas ceias de fim de ano se tornou tradicional.

A receita de arroz com passas nas ceias de fim de ano se tornou tradicional. Foto: Marcelo Barabani

Vale destacar que os benefícios para a saúde que a uva passa proporciona são atribuídos à presença dos compostos bioativos neste fruto, como os fitoesteróis, ácidos fenólicos, flavonoides e antocianinas. 

Além disso, o alimento seco possui maior quantidade de fibras, potássio, magnésio, cálcio, assim como maior valor calórico total, quando comparado ao fruto fresco.

Salada de grão de bico, nozes, uvas passas e hortelã.

"A título de desmistificar que esse fruto tem muito açúcar e pode fazer 'mal', é importante sabermos que mesmo tendo a concentração maior de carboidratos (açúcares da fruta) na uva passa em comparação com a fruta fresca, de acordo com o Serviço de Pesquisa do Índice Glicêmico da Universidade de Sydney (SUGiRS), a uva passa apresenta índice glicêmico moderado", esclarece Layanne.

Assim, a nutricionista acrescenta, a uva passa apresenta uma boa resposta glicêmica comparável à das frutas frescas.

Qual a quantidade de uva passa recomendada para consumo?

Não existe uma recomendação específica que sirva de base para todos os grupos populacionais, como explica a nutricionista.

"Os estudos de intervenção até então foram realizados com consumo diário que varia de 20 gramas por dia, ou uma colher de sopa, a 120 gramas por dia, ou o equivalente a cinco colheres de sopa. Aproximadamente de 30 a 40 gramas, ou entre uma e duas colheres de sopa rasa, seria o equivalente à recomendação para frutas frescas", aconselha a especialista.