Suplementos devem ser combinados com dieta

Ana Clara Barbosa - O Estado de S.Paulo

Especialista explica como esses produtos podem ajudar nos resultados das atividades físicas

Nutricionista não recomenda que os suplementos substituam refeições

Nutricionista não recomenda que os suplementos substituam refeições Foto: Rob/ Creative Commons

O uso de suplementos tem se tornado mais comum para aqueles que praticam atividades físicas. No entanto, muitas dúvidas surgem a respeito desses produtos. A nutricionista Cristina Brito explicou em entrevista ao programa Rota Saudável, da Rádio Estadão, como utilizá-los de forma saudável. 

De acordo com a nutricionista, os suplementos buscam uma melhor performance do atleta que pratica atividades físicas. Seu uso, quase sempre, é benéfico. Mas, quando não é combinado com uma boa dieta, os suplementos podem causar um efeito contrário ao desejado. Por isso, é bom consultar um especialista, caso exista interesse em adicioná-los na rotina. “Na pratica esportiva, a suplementação tem um efeito benéfico, caso seja bem planejada e adequada ao estilo de vida e ao treinamento do atleta”, diz ela. 

Os mais utilizados, de acordo com Cristina, são os suplementos que usam repositores energéticos, os carboidratos. Os proteicos, que utilizam aminoácidos isolados, também são muito procurados.  Mas, de acordo com a nutricionista, tudo isso varia de acordo com o objetivo de cada um, o que também vai influenciar nos horários e na quantidade que cada pessoa deve ingerir.

Cristina não recomenda, no entanto, que os suplementos substituam refeições. De acordo com ela, esses produtos devem auxiliar e suplementar, eles trabalham como uma adição à dieta.  “O suplemento não é completo na sua composição para atender à necessidade que seria facilmente alcançada com uma refeição balanceada”, explica. 

Há ainda os termogênicos, que fazem lipólise, ou seja, quebram a gordura. De acordo com a nutricionista, para que eles tenham o efeito desejado, é necessário que se pratique atividades físicas após o consumo, ou algumas horas depois. Caso a pessoa só utilize os termogênicos, mas não os aliem aos exercícios, seu efeito é praticamente nulo. “A pessoa só vai estimular o sistema nervoso central, mas a oxidação de gordura não vai ocorrer”, finaliza.