Saiba quais devem ser os principais cuidados com a saúde na praia

Luiza Pollo - O Estado de S.Paulo

Pele mais exposta e aglomerações de pessoas podem facilitar o caminho para algumas doenças

A primeira dica para aproveitar a praia é não 'torrar' no sol. Portanto, evite ficar exposto das 10h às 16h no horário de verão e das 9h às 15h no horário normal

A primeira dica para aproveitar a praia é não 'torrar' no sol. Portanto, evite ficar exposto das 10h às 16h no horário de verão e das 9h às 15h no horário normal Foto: Pixabay

Praia deveria ser sinônimo de descanso, não de preocupação. Por isso, O E+ traz algumas dicas de como cuidar de todo o corpo para evitar estragar a viagem.

Pele. Na praia, o corpo fica mais exposto a diversas doenças que as roupas do dia a dia ajudam a prevenir. O câncer de pele é a principal delas. Portanto, vale lembrar as regras básicas: aplicar protetor solar de fator no mínimo 30 a cada duas horas (ou sempre que entrar na água ou suar), evitar exposição direta ao sol entre 10h e 16h no horário de verão e das 9h às 15h no horário normal. 

Mas, além do sol, há outras questões que podem prejudicar a pele na praia. Veja a seguir dicas de como se prevenir:

 

Olhos. Água salgada, cloro da piscina e areia são os maiores incômodos aos olhos no verão. Arnaldo Bordon, membro da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo (SBRV), explica que as conjuntivites são mais comuns no verão e podem ser de diferentes tipos. As infecciosas são mais perigosas e propensas à transmissão em ambientes com muita gente.

Já aquela irritação nos olhos após contato com produtos químicos da água da piscina ou sal do mar é menos grave, mas nem por isso merece menos atenção. Confira algumas dicas de como manter os olhos saudáveis no verão:

 

Partes íntimas. Calor, umidade e areia são uma péssima combinação para o biquíni, sunga ou calção de banho. A ginecologista Mariana Maldonado dá dicas de como manter a área íntima protegida na praia:

 

Ouvidos. Dar um mergulho pode ser refrescante, mas resista à tentação de secar os ouvidos com cotonetes depois. O otorrinolaringologista do hospital CEMA Andy Vicente explica quais são os cuidados com essa parte do corpo: