Saiba por que café, ovo, chocolate, manteiga e cerveja derrubaram os tabus da nutrição

- O Estado de S.Paulo

'Para conseguir os benefícios desses alimentos o que vale é o mesmo para os outros: quantidades ideais diárias, equilíbrio e exercícios físicos', alerta nutricionista

Embora não exista uma explicação plausível, alguns alimentos que sempre estiveram presentes na nossa alimentação um dia viraram vilões e foram privados pelo senso comum em participar de uma dieta considerada nutritiva ou, pior ainda, ganharam a fama de provocar problemas do coração e aumento de peso. 

No entanto, ao longo dos anos, alimentos como o café, o ovo, o chocolate, a manteiga e a cerveja, que no passado já chegaram a ser condenados na busca por uma alimentação saudável, viraram alvo de estudos e foram redimidos pela comunidade científica. "Para conseguir os benefícios desses alimentos o que vale é o mesmo para os outros: quantidades ideais diárias, equilíbrio e exercícios físicos. Além disso, a perigosa equação excesso de comida mais falta de atividade física continua a ser um agravante no que se refere às doenças coronárias e à obesidade", observa a nutricionista Andrea Zaccaro, presidente da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE). 

Veja, abaixo, por que esses alimentos podem entrar na dieta sem causar ameaça: