Profissionais na linha de frente contra covid-19 têm atendimento psicológico gratuito

Redação - O Estado de S.Paulo

Até fim do ano, ONG Horas da Vida, Boehringer e Telavita oferecem atendimento; saiba mais

Profissionais de saúde que estão na linha de frente contra novo coronavírus podem ter atendimento psicológico gratuito

Profissionais de saúde que estão na linha de frente contra novo coronavírus podem ter atendimento psicológico gratuito Foto: Pixabay/coyot

Para minimizar o impacto psicológico causado pela pandemia do novo coronavírus à profissionais das redes pública e privada de saúde, o Instituto Horas da Vida criou o projeto 'Cuidar de quem cura'. 

Com o apoio da farmacêutica Boehringer Ingelheim , a ação tem como objetivo oferecer amparo para aqueles que estão na linha de frente no combate à doença em todo Brasil por meio de consultas virtuais gratuitas, até o fim do ano, realizadas pela Telavita, clínica digital de psicoterapia.

"Nossa responsabilidade corporativa, como indústria de saúde, vai além do fornecimento de medicamentos - temos o compromisso de contribuir para o bem-estar das pessoas", afirma  o presidente da Boehringer Ingelheim no Brasil, Marc Hasson.

Ao todo, são oferecidos gratuitamente 1500 atendimentos para médicos e enfermeiros, assim como para colaboradores de outras áreas, como recepcionistas e equipes de limpeza e segurança, que também se expõem diariamente ao risco de contágio. 

O projeto é viabilizado com a contribuição de empresas parceiras, que podem escolher o pacote de consultas que gostariam de oferecer, contando com a ONG Horas da Vida para realizar a ponte e comunicação entre os profissionais beneficiados e a health tech de psicoterapia. "Assim como parte da sociedade está se mobilizando para oferecer testes, equipamentos de proteção individual e outros insumos fundamentais para o trabalho deles, entendemos como decisiva também esta ação totalmente focada na saúde mental desses verdadeiros heróis", explica Elisangela Tolosa, diretora de Desenvolvimento Institucional do Horas da Vida.

Para participar, basta que os colaboradores acessem este link e selecionem o "convênio" Horas da Vida para garantir a gratuidade das consultas. Com essa iniciativa, os pacientes terão direito a oito sessões gratuitas, sem limite de tempo.

"A ansiedade, estresse e depressão não veem rosto, idade e nem profissão. Contudo, não podemos negar que a pressão e o medo são ainda mais perigosos e recorrentes para aqueles que, diariamente, dedicam suas vidas e esforços para ajudar a população a enfrentar a pandemia. Com o ‘Cuidar de quem cura’, encontramos uma maneira de mostrar que, muito mais que um profissional essencial, enxergamos ali um ser humano que também necessita de cuidados e atenção", ressalta Milene Rosenthal, psicóloga e cofundadora da Telavita.

 

Iniciativa disponibiliza oito consultas gratuitas de psicoterapia para colaboradores de instituições públicas e privadas de todo o Brasil

Iniciativa disponibiliza oito consultas gratuitas de psicoterapia para colaboradores de instituições públicas e privadas de todo o Brasil Foto: ONG Horas da Vida