Plataforma de teleorientação incentiva médicos a atuarem como voluntários na luta contra a covid-19

Camila Tuchlinski - O Estado de S.Paulo

Com consultas gratuitas realizadas por profissionais em horários livres, programa busca reduzir sobrecarga do sistema de saúde

O programa oferece atendimento gratuito para pacientes com sintomas de coronavírus

O programa oferece atendimento gratuito para pacientes com sintomas de coronavírus Foto: Divulgação

Uma plataforma de teleorientação incentiva médicos a atuarem como voluntários na luta contra o novo coronavírus. Com consultas realizadas por profissionais em horários livres, programa busca reduzir sobrecarga do sistema de saúde e risco de exposição de pacientes

A plataforma de telemedicina gratuita Tummi Coronavírus, que oferece atendimento médico e psicológico a população com sintomas de covid-19, tem o apoio da Roche. O programa tem realizado uma média de 50 consultas diárias e a intenção, com o patrocínio da empresa, é ampliar esse número.  

Para integrar o time de voluntários, o profissional pode contribuir de acordo com sua disponibilidade, atendendo no horário que puder, e pela quantidade de tempo que tiver disponível. Basta realizar cadastro diretamente na plataforma, clicando em "Sou médico/psicólogo". O CRM é verificado no momento da inscrição e todos os voluntários têm seus registros verificados e validados pelo Tummi, que confirma as respectivas identificações, oferece informação e treinamento sobre a ferramenta aos profissionais, e então habilita-os a iniciar os atendimentos voluntários. 

“Nesse momento delicado que vivemos, a colaboração e a inovação são fundamentais para enfrentarmos juntos essa pandemia. Acreditamos no potencial de impacto do Tummi Coronavírus e de seus voluntários na vida de milhares de pacientes, já que oferecemos às pessoas com sintomas suspeitos de covid-19 a possibilidade de receberem atendimento médico ou psicológico sem saírem de suas casas – evitando, assim, eventual propagação do vírus”, afirma Alessandra Morelle, médica oncologista e fundadora da plataforma.

O programa oferece atendimento gratuito para pacientes com sintomas de coronavírus, realizando triagem por meio de um questionário eletrônico, e posterior atendimento por videochamada com médicos voluntários, que orientam, com base nos sintomas, sobre a necessidade ou não de uma consulta presencial. A plataforma também oferece suporte psicológico.

A startup Tummi iniciou suas atividades em 2017 com um aplicativo de suporte a pacientes oncológicos. Com o início da pandemia, a startup viu que tinha conhecimento e ferramentas que poderiam ajudar o enfrentamento dessa situação, e desenvolveu o Tummi Coronavírus. 

Para obter atendimento na plataforma, basta acessá-la e selecionar a opção "Preciso de ajuda". Após responder as perguntas de triagem no questionário eletrônico, o paciente pode ser direcionado para a videochamada com o médico voluntário. A plataforma também oferece opção de agendamento, no caso de não haver médicos disponíveis no momento.

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus