Motivação olímpica: Que tal praticar um novo esporte?

André Carlos Zorzi - O Estado de S.Paulo

Jogos olímpicos são uma grande oportunidade para quem busca motivação para se exercitar, mas é necessário tomar certos cuidados

Foto: Sergio Neves/AE

Quando um grande evento esportivo está em evidência, muitas pessoas passam a acompanhar esportes com os quais não têm contato normalmente, gerando uma ótima oportunidade para quem busca sair do sedentarismo e ir atrás de uma vida mais saudável.

Porém, é necessário tomar os devidos cuidados ao se lançar em um novo mundo de exercícios físicos. "Você pode até achar bonito uma ginasta dando piruetas no ar, mas se você fizer aquilo vai se arrebentar inteiro. É preciso preparar o corpo para executar aquele movimento", explica o Dr. Ricardo Nahas, coordenador do Centro de Medicina do Esporte do Hospital Nove de Julho.

A quantidade de lesões em "novatos" também costuma aumentar nesta época, justamente por conta das pessoas que não se preparam antes de arriscar a prática de uma nova modalidade. Por isso, o ideal é sempre procurar um profissional antes de qualquer coisa.

"O que a gente faz é conhecer a pessoa. Determinar a composição corporal, qual aptidão ela apresenta no momento, identificar o volume de treinamento e saber qual a sua condição de saúde. Assim a gente monta uma orientação e sugere o tipo de treinamento", esclarece Ricardo.

Ele explica que não há uma maneira de "indicar" determinado esporte para uma certa faixa etária, ou grupo, mas faz algumas ressalvas: "Para crianças, por exemplo, não é interessante que haja uma especialização precoce. O ideal é que ela pratique vários esportes, e desenvolva diferentes habilidades", explica.

"Tem pessoas que são muito competitivas, e, se forem aprender a jogar tênis, por exemplo, aos 60 anos, vão se frustrar e odiar o esporte, porque vão perder. Então é legal que ela faça competições de rua, de corrida, porque aí compete contra ela mesma, e as marcas se transformam em desafios", sugere Nahas.

"Não existe idade nem condição para ser sedentário. Qualquer condição que se tenha, sempre vai ter uma atividade física específica, e sempre você vai ganhar em condições de qualidade e quantidade de vida", finaliza Ricardo.

Já Amauri Garcia, coordenador técnico da Fórmula Academia, destaca: "A prática regular de exercícios ajuda a reduzir pressão arterial e sintomas de depressão e ansiedade, controla o peso e mantém ossos, músculos e articulações saudáveis. Teste várias modalidades até encontrar aquela que te proporcione prazer em realizar".

Por isso, aproveite as Olimpíadas para curtir seus esportes favoritos e novas modalidades pela TV, mas não deixe passar a oportunidade caso surja aquela vontade de se exercitar dentro de você: Se informe sobre os benefícios e as melhores condições para a prática daquele esporte, procure orientação profissional e mexa-se!

 

 

Confira abaixo uma tabela com as calorias gastas após uma hora de prática das principais modalidades olímpicas, em valores aproximados:

550 kcal - Natação

500 kcal - Bike Indoor

450 kcal - Tênis, Basquete e Handebol

400 kcal - Futebol, Ginástica Olímpica, Corrida Indoor e Remo Indoor

350 kcal - Judô, Boxe

300 kcal - Vôlei