Especialistas alertam sobre a lente dental, queridinha dos famosos

Thaíse Ramos - Especial para o Estadão

Procedimento que ganhou o coração de celebridades e também de anônimos e virou moda nas redes sociais não deve ser realizado em qualquer paciente

Tratamento está sendo muito procurado nos consultórios dentários do País.

Tratamento está sendo muito procurado nos consultórios dentários do País. Foto: Instagram/@dr.pauloantonioli

Quem nunca sonhou poder desfilar por aí um sorriso perfeito, com dentes branquinhos e bem alinhados? Uma técnica que virou a queridinha de muitos famosos que buscam realizar esse sonho de forma mais rápida e prática surgiu recentemente e está fazendo a cabeça dos mais vaidosos. Trata-se da lente de contato dental, que ganhou muitos adeptos por ser um procedimento de resultado imediato e com valor acessível.

Aparentemente inofensiva, a técnica pode causar problemas futuros ao paciente. Quem faz o alerta é o cirurgião dentista Paulo Antonioli, pós graduado em implante e prótese: "A odontologia não é só isso. Existem inúmeros tratamentos e muitos profissionais estão preferindo mentir aos seus pacientes para vender esse tratamento, infelizmente". 

Segundo o especialista, as lentes de contato são um tratamento, e como todo tratamento, devem ser utilizadas para tratar algo, porém, elas acabaram entrando na moda por conta das redes sociais. "O que mais vejo hoje são pessoas que não precisam, mas procuram esse tratamento, influenciadas por famosos, por exemplo, e acabam caindo nas mãos erradas", destaca. 

Para encaixar as lentes nos dentes naturais, é feito um desgaste desses dentes, e isso é coisa séria. "A minha filosofia de trabalho é de preservação, então vou sempre expor ao paciente o quanto de desgaste é necessário no seu caso. Se o paciente tem indicação para esse tratamento, não tem o porquê um dia ser revertido. Caso essa dúvida esteja presente, o oriento a não fazer", declara Antonioli.

 

 

Indicações para as lentes

 

Indicações para as lentes de contato são para casos de leves desalinhamentos, manchamentos, dentes desgastados ou quebrados por fatores externos, angulação ou posicionamento dos dentes. "As indicações são inúmeras, mas a maior procura é por conta da cor. Se o desejo é somente dentes mais brancos, o correto é o clareamento", diz Antonioli. 

"Em vez de colocar lentes, o que o paciente pode fazer para ter um resultado satisfatório e dentes bonitos, sem precisar recorrer desta técnica, são os aparelhos ortodônticos - para questões de alinhamento. E o clareamento para a questão da cor", completa.

O dentista ainda faz um alerta: "Procure profissionais sérios e de confiança e somente procure pelo tratamento se você tiver, realmente, indicações". 

 

O tratamento deve ser indicado somente após a constatação de que os dentes, gengivas e outros componentes da cavidade bucal estão saudáveis.

O tratamento deve ser indicado somente após a constatação de que os dentes, gengivas e outros componentes da cavidade bucal estão saudáveis. Foto: Instagram/@dr.pauloantonioli

 

 

Mais sobre o desgaste dos dentes naturais

 

Sérgio Brossi Botta, dentista e membro da Academia Brasileira de Odontologia, dá mais detalhes sobre o desgaste dental para fazer a técnica. "Na maioria dos casos, precisa haver um certo desgaste dental para as lentes de contato ficarem bem adaptadas ao dente do paciente e obter os resultados desejados de cor, forma, posição e tamanho. Esta adaptação é muito importante, evitando sobrecontorno na região cervical do dente, próximo à gengiva. Se tiver um excesso de material no limite entre a lente de contato e a gengiva, pode ocorrer inflamação gengival, acumulo de bactérias e infiltrações de cárie na linha de emenda entre o laminado cerâmico e o dente", explica.

Botta ainda destaca que outra lenda das redes sociais é dizer ao paciente que as lentes podem ser retiradas sem nenhum desgaste dental. "Devemos orientar os pacientes de que se trata de um tratamento definitivo. Uma vez colocado, só pode ser substituído, mas não removido totalmente, visto que o dente original permanecerá desgastado. E mesmo que tenha sido feito um tratamento sem nenhum desgaste dental, ao remover-se as lentes, sempre ocorrerá um pequeno desgaste da estrutura dental pela alta rotação do dentista", diz.

Segundo ele, o tratamento deve ser indicado somente após a constatação de que os dentes, gengivas e outros componentes da cavidade bucal estão saudáveis.