Aproveite a festa junina sem descuidar da dieta

Marcelo Osakabe - O Estado de S.Paulo

Nutricionistas dão dicas para quem quer desfrutar das comidas típicas do período e ficar em paz com a balança

Foto: Filipe Araújo/Estadão

Apesar de um pouco ofuscada por causa da Copa do Mundo, a tradicional festa junina está aí até o fim do mês de julho, e o clima frio da estação sempre traz à lembrança as comidas típicas do período, como o quentão, milho verde, pamonha e o bolinho caipira. Mas como aproveitar isso sem descuidar da dieta?

"As comidas típicas da festa junina, em geral, são bastante calóricas", afirma coordenadora de nutrição do Hospital San Paolo, Rafaela Isis Reis. Segundo ela, a melhor maneira de contornar isso é a preparar os alimentos que se gosta em casa. "Podemos diminuir bastante o teor calórico se trocarmos ou diminuirmos a quantidade de certos ingredientes nas receitas, como o açúcar, que pode ser trocado pelo adoçante, o leite que pode ser desnatado, e também se utilizarmos, por exemplo, frutas ao invés do chocolate e do leite condensado no caso da tapioca", ensina.

Rafaela faz as contas. O vinho quente (190 calorias) é uma opção melhor que o quentão (276 calorias), por exemplo. Mas ambos são opções mais saudáveis que qualquer cerveja ou destilado. "Além do quê, o vinho tem caulifenoides, valor nutricional agregado que os destilados não têm". O milho é um ótimo alimento, pois tem as vitaminas C, A, B1 e B9, mas também é bastante calórico (371 calorias em 100 gramas). Assim, é preferível que se coma ele sem a margarina ou manteiga.

Outra dica que da nutricionista do Sao Paolo é abusar dos alimentos termogênicos utilizados nas receitas típicas, como a canela e gengibre. Esses ingredientes tem substâncias que aumentam a temperatura corporal e podem ajudar a queimar mais calorias.

Para a nutricionista consultora da rede de produtos naturais Nação Verde, Paula Castilho,  o importante é evitarmos as frituras e dar preferência para os alimentos naturais, como o pinhão e o milho. "A canjica é uma boa opção, desde que não seja carregada no leite condensado", explica. Sobre os churrasquinhos, ela pede que se dê preferência para carnes que não tenham muita gordura aparente.

Segundo Paula, já existem alimentos prontos ou semi-prontos no mercado que ajudam nessa tarefa de cortar calorias, como pipoca de microondas "zero", sem aquela adição de manteiga, bolo de fubá light e barras de cereal com gosto de pé de moleque. Mas a melhor maneira de fazer isso é mesmo preparando os alimentos em casa. Por isso, ela dá quatro receitas fáceis:

Bolo de milho light - 80 calorias por fatia

Ingredientes:

6 unidades de espiga de milho limpa

10 colheres de sopa de açúcar

1 xícara de chá de farinha de trigo peneirada

4 unidades de clara de ovo

1 xícara de chá de leite em pó desnatado

1/3 copo americano de leite de vaca desnatado

½ colher de chá de fermento

Modo de Preparo:

Ralar as espigas de milho e peneirar. Misturar o conteúdo que passou pela peneira com o açúcar, o leite em pó desnatado e o leite de vaca desnatado, gradativamente. Acrescentar a farinha de trigo, misturada ao fermento em pó e reservar. Bater as claras em neve e juntar a massa às claras. Colocar em forma de 25 cm de diâmetro, untada e polvilhada. Assar em forno médio (180º C) por 60 minutos. 

Quentão de frutas light - 120 calorias por copo

Ingredientes:

2 xícaras de água

1 xícara de aguardente

1 pedaço de gengibre fatiado finamente

4 fatias de abacaxi em cubos pequenos

1 xícara de morangos em cubos

2 laranjas cortadas em rodelas

Canela em pau à gosto

Cravo da Índia à gosto

Modo de preparo:

Em uma panela, coloque todos os ingredientes e deixe apurar em fogo baixo por uns 15 minutos. Coe e sirva.

Observação: O consumo de álcool em excesso é prejudicial, pode- se substituir a aguardente por água.

Cuscuz de berinjela com milho verde

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de azeite de oliva espanhol

1 berinjela grande em cubos pequenos

1 cebola pequena cortada em pedaços pequenos

1 xícara (chá) de polpa de tomate

1 colher (chá) de molho de pimenta

Folhas de 4 ramos de salsinha picadas

1 xícara (chá) de milho verde em conserva

½ xícara (chá) de ervilha em conserva

1 xícara (chá) de farinha de milho

Sal a gosto

Modo de preparo:

Coloque em uma panela a metade do azeite de oliva, a berinjela e a cebola. Leve ao fogo e refogue, mexendo de vez em quando, até a cebola ficar macia. Adicione a polpa de tomate, o molho de pimenta, o sal e ½ xícara (chá) de água. Depois de 2 minutos, misture a salsinha, o milho verde e as ervilhas. Junte a farinha de milho e cozinhe, mexendo de vez em quando, até obter uma massa encorpada. Acerte o sal e retire do fogo. Distribua a massa em 24 formas com buraco no meio (capacidade para 30 ml), apertando com suavidade. Leve à geladeira por 2 horas.

Montagem: 

Desenforme os cuscuzes nos pratos e sirva com salada de agrião. Regue com o azeite de oliva restante.

Arroz doce light

Ingredientes:

1 xícara (chá) de arroz

5 cravos-da-índia

2 canelas em pau

Raspas da casca de ½ laranja

½ litro de água

5 colheres (sopa) de adoçante em pó culinário

4 e ½ xícaras (chá) de leite semidesnatado

Canela em pó para polvilhar

Modo de preparo:

Coloque o arroz, os cravos, a canela em pau e as raspas de laranja em uma panela. Acrescente a água, o adoçante em pó culinário e cozinhe em fogo baixo com a panela semitampada até a água secar completamente. Esse processo leva cerca de 10 minutos. Adicione o leite e cozinhe em fogo baixo, mexendo de vez em quando, por mais 15 minutos ou até o arroz ficar macio e o caldo, bem cremoso. Desligue o fogo e espere a sobremesa esfriar. Sirva-a em tacinhas individuais, polvilhada com a canela em pó a gosto.