10 years challenge: Descubra tratamentos eficazes no combate ao envelhecimento da pele

Bárbara Pereira * - O Estado de S.Paulo

Dermatologista indica cuidados com a pele para retardar envelhecimento

Tratamentos anti-envelhecimento são recomendados a partir dos 30 anos.

Tratamentos anti-envelhecimento são recomendados a partir dos 30 anos. Foto: Unsplash/@noahbuscher

Nas últimas semanas, a internet entrou em peso na brincadeira do #10yearschallenge, ou 'desafio dos 10 anos'. As redes sociais foram tomadas por montagens com fotos de 2009 e 2019, em que os internautas mostravam as diferenças e evoluções que tiveram ao longo de 10 anos. Um dos pontos que mais chamou atenção das pessoas foi o envelhecimento (ou não) depois de tanto tempo. A cantora Sandy, por exemplo, participou da brincadeira e postou uma foto da própria mãe, ironizando os comentários de que nunca envelhece.

Entrando na onda do desafio dos 10 anos, a equipe do E+ conversou com o dermatologista Murilo Drummond, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, e tirou todas as dúvidas sobre cuidados com a pele do rosto e os tratamentos mais eficazes no combate ao envelhecimento da pele.

Cuidados com a pele do rosto

O primeiro tratamento que vem em mente quando há pouca verba é a limpeza de pele. Ela deve ser feita sempre por um profissional, com intervalos de um ou dois meses, dependendo da situação da pele. Além de ser o tratamento que exige menor investimento, é o mais indicado para jovens iniciando um rotina de cuidados com a pele. "A limpeza pode ser realizada a partir da adolescência, quando as glândulas sebáceas começam a produzir sebo e 'entupir' os poros", destaca o dermatologista. Cremes com um ou mais componentes como retinol, ácido hialurônico e vitamina C também são ótimas escolhas para começar os cuidados.

Está buscando algo um pouco mais potente do que a limpeza de pele? O peeling pode ser uma ótima alternativa. Murilo explica que ele pode ser feito de duas maneiras: o peeling químico é mais leve e superficial, oferecendo menos riscos à pele, mas ainda assim melhorando as manchas e cicatrizes. Já o peeling físico, se associado à radiofrequência e feito com agulhas acopladas na ponteira, promete fazer um "lixamento" da pele.

Apesar de ser popular entre os pacientes que buscam tirar manchas da pele, o laser tem várias funções diferentes. Para corrigir a flacidez, por exemplo, atua diretamente no músculo, enquanto a luz pulsada é indicada para tratamentos de vasos. "A maioria tem recomendação de fazer de três a cinco sessões", adverte.

O tratamento de pele mais procurado para diminuir as rugas é, sem dúvidas, o botox. A toxina botulínica tem duração de quatro a seis meses e impede que as rugas fiquem marcadas para sempre na pele. Já o ácido hialurônico tornou-se queridinho dos dermatologistas nos últimos anos e já conquistou seu espaço entre os tratamentos anti-envelhecimento mais famosos do mercado. A técnica mais moderna de aplicação do ácido consiste em preencher todas as áreas da face que perdem o volume com o passar dos anos.

O dermatologista Murilo Drummond aconselha iniciar os tratamentos anti-envelhecimento a partir dos 30 anos de idade, época em que surgem os primeiros indícios. A partir daí, ele recomenda seguir com os cuidados pelo resto da vida. "Tenho pacientes entre 80 e 90 anos e nunca é tarde para se reverter algum problema ou ao menos melhorar bem o aspecto", conclui.

* Estagiária sob supervisão de Charlise Morais.