Falar sobre dinheiro nem sempre é uma tarefa fácil. Para quem está ativa sempre fica a preocupação em guardar um tanto para a aposentadoria e, para quem já aposentou, a difícil tarefa de equilibrar as contas.

Separe um dinheiro para ser feliz

Amanhã, a nosso convite, o educador financeiro Mauro Calil falará sobre esse assunto na palestra “Aposentou? Como fazer o dinheiro render?”, promovida pelo Centro de Longevidade do Hospital 9 de Julho, do qual sou o coordenador.

A ideia de Calil é mostrar a relação entre o dinheiro e a felicidade e quais são os fundamentos mais importantes da organização financeira pessoal que permitem que qualquer pessoa com qualquer renda evolua patrimonialmente.

O importante é organizar as prioridades de consumo, ou seja, onde você gasta o seu dinheiro, de que maneira e como é possível economizar.

Para o especialista, existe o que ele chama de conceito de consumo tolo. Claro que para cada um este conceito funciona de um jeito diferente. Por exemplo, para mim gastar um dinheirinho com um encontro com amigos de vez em quando é tão ou mais importante do que economizar para trocar o carro, pois estar com meus amigos me faz feliz. E para você?

A ideia é mostrar que é possível progredir financeiramente, sem perder de vista as coisas importantes da nossa vida. Viva mais e melhor.