Como escreveu Fernando Pessoa “A vida é terra, viver é lodo”. Uma coisa são as teorias, outra coisa a prática.

Na tentativa de responder ao planejamento da longevidade, tentamos pegar o peixe com as mãos. Exemplos: “Vou começar a fazer exercícios”, “Vou começar uma dieta só de proteínas”, “Vou viajar com meus amigos”.

O que se sabe hoje é que, isoladamente, todas as questões ligadas à dieta, exercício aeróbico e anaeróbico, exercício cognitivo e convivência social ajudam, mas é a soma que faz a diferença.

Sendo assim, temos que falar da rotina. Como é a soma do seu tempo? Como é seu dia a dia? Como você divide o tempo da sua vida, que é o seu grande patrimônio?

Caros leitores: proponho que enviem ao blog o dia típico de vocês. Que horas acordam? A que horas leem o Estadão? Quando visitam a família e os amigos?
Vamos falar sobre a vida prática de cada um. Depois disso, podemos conversar sobre as teorias…
Que tal?